Criador de Calvin e Haroldo publica primeira ilustração em 19 anos

Desenho foi criado para o pôster do documentário Stripped, que faz uma homenagem ao ofício de quadrinista

Redação Publicado em 28/02/2014, às 14h06 - Atualizado às 14h11

Bill Watterson - Stripped
Divulgação

Pela primeira vez em 19 anos, Bill Watterson, o recluso criador de Calvin e Haroldo, teve uma ilustração publicada, com o pôster do documentário sobre cartoons Stripped. O desenho mostra um cartonista debruçado em seu cavalete e tomando o maior surto ao ler a manchete: “Tchau, jornais!”. O cachorro, que está com um tablete nas mãos, olha para o dono surpreso. O documentário mostrará uma entrevista com Watterson, uma rara oportunidade de conhecê-lo, dado ao pouco apreço dele pela exposição.

Veja o pôster grande.

Mesmo quando Calvin e Haroldo chegaram aos mais altos níveis de popularidade e originalidade, ele se manteve longe dos holofotes. Uma entrevista de 2010 para o Cleveland Plain Dealer foi considerada um feito caro, considerando que o cartunista fez raríssimas declarações e acredita-se ter a primeira entrevista para um jornalista desde 1989.

Dito isso, nesta semana, Watterson concedeu entrevista ao The Washington Post na qual ele fala sobre o pôster. “Partindo do título do filme e do fato de que existem poucas coisas mais engraçadas do que a nudez humana, a ideia que chegou à minha cabeça foi praticamente essa”, ele disse. “O filme é uma declaração de amor aos quadrinhos, então eu tentei fazer algo bem quadrinesco. Eu pensei em colorir o desenho bom pontos coloridos, como nas tiras de jornais, mas Dave [Kellett, codiretor de Stripped] perguntou se eu poderia pintá-lo. E acho ele fez a escolha certa.”

Watterson também concedeu uma entrevista para o documentário, embora ele tenha recusado estar na frente da câmera. A voz dele abre o trailer abaixo. “Nas mãos certas, uma tira de quadrinhos iguala qualquer arte em beleza e elegância”, disse ele.

“Pareceu que [Watterson] realmente queria expressar alguns pensamentos sobre os quadrinhos e a arte de fazê-los, por onde eles passaram e para onde estão indo”. Disse o outro codiretor Fred Schroeder, ao The New York Times. O criador de Calvin e Haroldo teria ficado tão satisfeito com o documentário que cedeu o pôster.

O filme, que já está disponível no iTunes [apenas para contas norte-americanas], traz entrevistas de inúmeros cartunistas, incluindo os criadores de Garfield, Cathy e Beetle Bailey, que falam sobre o ofício e como ele está mudando com o desaparecimento de alguns jornais. O DVD de Stripped estará disponível a partir de 2 de abril.

Watterson já havia dito o que pensa sobre o duelo de quadrinhos impressos contra os digitais na entrevista com o Mental Floss. “Pessoalmetne, eu gosto de tinta no papel do que colorir pixels, mas cada um tem a sua preferência”, disse ele. “Obviamente, a função dos quadrinhos está mudando muito rápido. Eu acho que as HQs nunca estiveram tão populares e levadas a sério como são hoje. Por outro lado, a mídia de massa está se desintegrando e as audiências, atomizando. Suspeito que os quadrinhos terão um impacto cultural menos generalizado e farão menos dinheiro. Sou velho o suficiente para achar isso inquietante, mas o mundo está seguindo em frente.”