Criolo abre o palco principal no Planeta Terra Festival

Rapper empolgou público que estava chegando ao evento com faixas de Nó na Orelha

Patrícia Colombo Publicado em 05/11/2011, às 17h15 - Atualizado em 06/11/2011, às 15h02

Criolo no Planeta Terra Festival

Ver Galeria
(5 imagens)

Criolo ficou encarregado de iniciar as tarefas musicais no palco Sonora Main Stage neste sábado, 5, durante o Planeta Terra Festival. Com sol de rachar e um calor que andou sumido na semana passada, a tarde contou predominantemente com faixas do segundo e elogiado álbum dele, Nó na Orelha.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A apresentação começou às 16h, com “Mariô”, e teve duração de 50 minutos. Como em seus recentes shows, o set list de Criolo transitou pelas canções do disco, valendo-se do respaldo de competente banda (que conta com trio de metais, percussão, guitarra, baixo, bateria e teclados – além do cavaquinho de Rodrigo Campos; entre os integrantes, Guilherme Held na guitarra e o produtor Daniel Ganjaman nos teclados) que contribui para encorpar as canções ao vivo.

Em suas últimas aparições (shows recentes e VMB 2011), Criolo andava dando as caras vestindo túnicas variadas – o que não se repetiu no Terra, já que o artista apareceu com uma camiseta comum e calça. Apesar de ser a primeira atração do palco principal do festival, o rapper conseguiu uma quantidade significativa de público se considerarmos o horário – e a maior parte das pessoas o acompanhou nos versos de suas canções do começo ao fim da apresentação.

Passando pelas tantas influências sonoras encontradas no trabalho de Criolo, o show contou com “Não Existe Amor em SP”, “Subirusdoistiozin", o bolero “Freguês da Meia Noite”, o reggae “Samba Sambei”, o samba “Linha de Frente” e “Grajauex”, encerrando-se às 16h55 com “Bogotá”.