Pulse

Crise no Kiss: Ace Frehley acusa e ameaça Gene Simmons

O ex-integrante criou polêmica ao publicar um texto direcionado ao vocalista da banda

Redação Publicado em 30/01/2019, às 19h45

None
Paul Stanley, Peter Criss, Ace Frehley, Gene Simmons (Foto: Andy Kropa/AP)

O Kiss está vivendo mais um momento polêmico em sua carreira, pois Gene Simmons e Ace Frehley estão em um pé de guerra declarado, com Frehley até mesmo acusando Simmons de ter assediado sua esposa.
 
Durante uma entrevista à revista Guitar World, Simmons, vocalista e baixista da banda, falou sobre a turnê End of the Road, com início previsto para esta quinta, 30, e citou ex-integrantes.
 
“Ace e Peter [Criss] tiveram três chances. Eles entraram e saíram – foram demitidos – três vezes”, contou. “Por álcool, drogas, mau comportamento e falta de profissionalismo. A resposta é que eu adoraria ter Ace e Peter conosco. Se não acontece, não é culpa nossa, mas eles nunca irão voltar ao Kiss novamente”.
 
“Dizer ‘eu prometo me comportar’ não funciona. Se a gente aceitaria tocar uma ou duas músicas com Ace e Peter? Claro! Se a gente dependeria deles para tocar um set completo noite após noite? Nem ferrado”, completou Gene Simmons.
 
Frehley, ex-guitarrista do Kiss, não gostou nada das declarações e usou as redes sociais para responder as acusações. Ele ainda publicou uma foto na qual diz “estar sem luvas” e chamando Simmons para uma briga.


“Gene, sua memória está errada. Eu nunca fui demitido do Kiss, eu saí duas vezes (não três) por minha própria vontade, porque você e o Paul [Stanley] são maníacos por controle e eram difíceis de trabalhar”, escreveu na publicação.
 
“Foram os seus comentários sobre os meus hábitos que me custaram milhões de dólares durante anos. Estou sóbrio há 12 anos e você segue dizendo que não sou confiável. Bom, são 12 anos que venho me apresentando com a minha banda”, relatou Frehley, que se mantém na ativa com sua carreira solo.
 
“Eu sou o artista solo com o maior sucesso da formação original do Kiss e tenho muito orgulho disso”, completou.
 
Ace Frehley resolveu então citar as acusações de assédio sexual que Gene Simmons vem recebendo: “Seus comentários fizeram com que eu me dê conta do quão cuzão e viciado em sexo você é, que está sendo acusado por várias mulheres. Você só quer varrer tudo isso para debaixo do tapete”.
 
Foi então que o guitarrista acusou o ex-companheiro de banda de ter abusado de sua esposa. “A cereja do bolo foi quando você agarrou minha mulher, no prédio da Capital Records, em Los Angeles, pelas minhas costas, quando eu estava apenas tentando te ajudar com uma das suas 'Experiências de Valor' , o que eu só descobri semanas depois!”
 
Ele disse ainda que sua esposa planejava denunciar Gene Simmons, mas Frehley pediu para ela desistir.
 
Ao final do texto publicado, o ex-Kiss ameaçou Simmons caso ele não se retrate. “Sem desculpas completas e feitas de coração, uma oferta para que eu volte ao meu antigo trabalho e sem tirar Tommy Thayer do trono que eu criei, a merda vai ser jogada no ventilador e não vai parar.”
 
Tommy Thayer é o substituto de Ace Frehley na banda e usa a fantasia e as pinturas faciais usadas pelo antigo guitarrista.
 
Tanto Simmons como Frehley participavam um dos shows do outro nos últimos anos, passando a impressão de que a relação entre eles estava melhorada, o que foi abaixo com os últimos acontecimentos e declarações.