CSS é investigado pela polícia

De acordo com jornal, crimes de calúnia e difamação foram cometidos por integrantes do grupo contra ex-empresário

Da redação Publicado em 10/10/2008, às 10h18

A colunista Mônica Bergamo informa no jornal Folha de São Paulo desta sexta-feira, 10, que os integrantes do Cansei de Ser Sexy estão sendo investigados pela polícia por calúnia, injúria e difamação contra o ex-empresário da banda, Eduardo Ramos, demitido antes das gravações do segundo álbum do grupo, Donkey.

Advogados do empresário reuniram provas que incluem textos publicados no blog da banda e até uma mensagem no telão do Tim Festival do ano passado, que dizia: "Eduardo, devolva o nosso dinheiro. Cansei de Ser Sexy". Ramos foi demitido pela banda sob acusação de roubo e desvio de dinheiro.

O empresário alega ter sido ameaçado várias vezes após sua demissão, tendo inclusive tendo recebido uma coroa de flores (ao estilo das colocadas em túmulos) em sua própria casa.