CSS no SWU

Palco Oi Novo Som quase foi abaixo tamanha a energia da vocalista Lovefoxxx, no último dia de festival

Por Stella Rodrigues Publicado em 14/10/2010, às 08h30

Lovefoxxx não parou um segundo sequer no show do CSS, no SWU

Ver Galeria
(2 imagens)

"De São Paulo para o mundo - Cansei de Ser Sexy". Foi assim que o apresentador do palco Oi Novo Som introduziu a banda paulistana, que hoje atende pela sigla CSS. Bons filhos que são, eles tornaram mais uma vez ao Estado que os consagrou para se apresentar na última segunda, 11, no SWU.

O sexteto ex-underground e atualmente internacional mostrou seu show descontraído para uma quantidade grande de pessoas. Ficou claro que a maior parte do público ali era apreciador incondicional do CSS - ou ao menos da vocalista Lovefoxxx, que aparentou ter ficado plugada na tomada recarregando as baterias o dia todo antes de subir ao palco. Ela conduziu os fãs no melhor estilo líder de torcida, gastando mais energia pulando, dançando, batendo palmas e, claro, cantando, do que um evento sustentável recomendaria. Começou a apresentação na fria noite vestindo um de seus figurinos estrambóticos, que desta vez incluía jaqueta de couro, chapéu e pulseiras - mas a agitação foi tanta que, ao fim do espetáculo, só restava o short preto e a camiseta da banda Spoon no corpo da espivetada vocalista, que andava para cima e para baixo de meias e perdeu as pulseiras durante um momento especialmente intenso da sua ginástica.

O palco nunca é o bastante para Lovefoxxx, para a alegria de alguns fãs que chegaram até mesmo a chorar quando ela chegava perto para abraçar, dar a mão e ceder o microfone ao público, ou então nas inúmeras vezes que se jogou nos braços da multidão em moshs improvisados. Enquanto ela pirava, os seguranças se descabelavam para conter os alambrados, que estavam quase cedendo e caindo para frente.

O divertido show contou com momentos bem engraçados. Um deles foi quando Lovefoxxx ouviu o público clamar pela faixa "Bezzi", hit de quando o antigo Cansei de Ser Sexy nem sonhava que se tornaria um dia o "Ci Ess Ess". O pedido foi feito em todos os intervalos entre uma música e outra, mas o público teve que se contentar com "Superafim" e outras músicas dessa fase do grupo. Todos gritavam "Bezzi, Bezzi, Bezzi" - contudo, a moça entendeu "Brasil, Brasil" e se juntou ao coro transformando a requisição em um momento ufanista, por acidente. Quando percebeu do que se tratava, pediu desculpas espontaneamente e continou brincando com a plateia.

Algumas das canções entoadas em coro foram "Alala", "Art Bitch", que abriu os trabalhos, "Let's Make Love and Listen to Death From Above" e "Left Behind", single do lançamento mais recente do grupo, Donkey, de 2008.

No final da apresentação, a frontwoman garantiu que o CSS retorna ao país ano que vem e com o tão prometido terceiro álbum. Antes de ir embora, ela ainda atendeu todos que pediram fotos, autógrafos e abraços.

Assista abaixo a um trecho do show: