CW quer produzir a série que conta a adolescência de Carrie Bradshaw

Emissora de TV com expertise em temáticas teen negocia para tocar o projeto de adaptação dos livros Os Diários de Carrie, que narram a época de colegial da protagonista de Sex and the City

Redação Publicado em 12/09/2011, às 11h21 - Atualizado às 12h30

Livros Os Diários de Carrie deverão ser adaptados em série da CW
Foto: Reprodução

Após anos de sucesso na HBO, entre 1998 e 2004, Carrie Bradshaw poderá passar a chamar a emissora CW de lar. Após uma longa novela, o canal dedicado a produzir conteúdo teen despontou como o principal concorrente na disputa pelos direitos de exibir a série Os Diários de Carrie, um prelúdio que conta a adolescência da personagem protagonista da aclamada Sex and the City.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Com base nos livros de Candace Bushnell, que escreveu também as obras que deram origem à Sex and the City, o projeto está circulando há algum tempo, mas nunca foi fechado qualquer negócio.

Se as conversas com o canal forem bem-sucedidas e terminarem em um aperto de mão, os produtores executivos de Gossip Girl, Josh Schwartz e Stephanie Savage, ficariam encarregados da missão de levar a Carrie colegial para a TV. Especula-se que Amy Harris, produtora e roteirista de Sex and the City e que tem feito alguns episódios de Gossip Girl, deverá cuidar da adaptação do texto.

O criador da série Sex and the City, Darren Star, não estará envolvido com o novo projeto e um representante de Sarah Jessica Parker (atriz que deu vida para a personagem em sua versão adulta) declarou que, por ora, ela também não está ligada à série de nenhuma forma. O mesmo vale para o diretor de Sex and the City, Michael Patrick King, conforme o próprio já havia declarado.