Daft Punk oferece edição de US$ 275 de Random Access Memories

Disco contém desenhos esquemáticos de robôs, um vinil especial e mais

Rolling Stone EUA Publicado em 27/10/2013, às 14h31 - Atualizado às 14h31

Daft Punk
Peter Yang

Os robôs da electro-dance Daft Punk anunciaram a edição de luxo do álbum, Random Access Memories. Fãs que querem a versão mais luxuosa de “Get Lucky” terão que pagar U$275 pelo box. A dupla vai começar a enviar as cópias no começo de dezembro.

O box incluiu o álbum em dois LPs de 180 gramas com um rótulos dourado e prata, junto a um livreto de oito páginas do tamanho de um LP, com artes, créditos e letras. Acompanham um vinil de 10 polegadas contendo uma entrevista com Giorgio Moroder, feita durante as gravações da faixa “Giorgio by Moroder”, e um livro de capa dura com 56 páginas com fotos das gravações de RAM e das filmagens.

O grupo também incluiu um filme de 70mm com 5 frames das diárias do clipe de “Lose Yourself to Dance" ao pacote de peso.

E só por serem robôs, a dupla adicionou um par de desenhos esquemáticos de robôs em papel de pôster e dois sets de planejamento de capacetes que detalham em oito camadas de transparência os designs individuais dos capacetes de cada um deles. Por último (para combinar com as referências sobre computação do título), o box – que vem em uma caixa de 33 centímetros com divisões “cuja textura é inspirada pelas luvas dos robôs Daft Punk” – inclui um par de pen-drives dourado e prateado. Um deles contém arquivos de alta resolução das 13 músicas, a faixa extra “Horizon” e o remix de “Get Lucky”. O outro, o vídeos em alta definição do clipe de “Lose Yourself to Dance”, spots de TV, uma versão estendida do promo de “Get Lucky” com Pharrell e Nile Rodgers que eles estrearam no festival Coachella.

As bem documentadas parcerias com Nile Rodgers (que chamou sua colaboração com os robôs de “inacreditavelmente natural”) e Pharrell Williams ajudaram Daft Punk se tornar um dos grupos mais comentados do ano.