Damon Albarn diz que Blur e Gorillaz provavelmente acabaram

Cantor afirma que não vê futuro para nenhuma das duas bandas

Rolling Stone EUA Publicado em 09/04/2012, às 12h58 - Atualizado às 13h10

Damon Albarn
Foto: AP

Damon Albarn contou ao jornal britânico The Guardian que o show do Blur em um evento de encerramento das Olimpíadas de Londres poderá ser o último da carreira da banda. Quando questionado se o grupo tinha planos para novas datas depois do show, ele respondeu: “Na verdade, não”. Ele continuou: “Espero que essa seja a verdade e que seja o modo como terminaremos [o grupo]. O cantor também disse que "Under the Westway", novo single gravado pela banda em apenas um take, é possivelmente a gravação derradeira do Blur. “Eu não vejo outras gravações depois desta. Então é bom finalmente ter feito uma canção de maneira apropriada.”

Segundo Albarn, raramente as coisas saem como planejado. “Uma coisa que aprendi, e tenho certeza de que com você é igual, é que tudo que eu penso que está resolvido e que acho que vai acontecer do jeito que imaginei, nunca acontece”, ele diz.

Ele ainda afirma que parte do problema em continuar com o Blur é a dificuldade de tocar com a seção rítmica da banda. “Acho muito fácil gravar com o [guitarrista Graham [Coxon]”, ele diz. “Ele é músico diariamente. Com os outros dois, é mais difícil para eles se reconectarem, sabe? É bom quando tocamos ao vivo – ainda é muito mágico –, mas gravar novas músicas e trocar influências musicais é bem difícil.” O grupo gravou, vez ou outra, material novo nos últimos anos, mas apenas os singles "Fool's Day" e "Under the Westway" foram finalizados e gravados na época.

Albarn também colocou em dúvida o futuro do Gorillaz, dizendo que a continuação do projeto é improvável depois do desentendimento dele como Jamie Hewlett, que criava a identidade visual da banda virtual. “Jamie [acha que o Gorillaz acabou], o que é justo." O cantor explicou que os problemas com Hewlett começaram quando o artista e designer não entregou novos desenhos para a turnê do disco Plastic Beach. “A música e os vídeos não estavam funcionando bem juntos, mas eu senti que tínhamos feito um disco muito bom. Então fomos lá e tocamos.”