Daniel de Oliveira viverá matador de aluguel brasileiro em filme do diretor de Jean Charles

Longa-metragem dirigido por Henrique Goldman está finalizando a captação de recursos e deve estrear em 2015

Redação Publicado em 13/02/2014, às 14h19 - Atualizado às 16h11

400 contra 1 - Uma História do Crime Organizado
Divulgação

O ano de 2014 será bastante atarefado para o ator Daniel de Oliveira. Além de lançar quatro filmes – são eles: Sangue Azul, Deserto Nu, Órfãos do Eldorado e Estrada 47–, o ator está se preparando para interpretar um matador de aluguel brasileiro no mais novo longa do diretor Henrique Goldman (Jean Charles, de 2009) chamado O Nome da Morte. As informações são da produtora TV Zero.

Galeria: lendas da música nas telonas

Daniel de Oliveira já viveu um fora-da-lei nos cinemas, quando estrelou 400 contra 1 - Uma História do Crime Organizado (foto acima), em uma trama sobre o grupo Comando Vermelho.

O filme O Nome da Morte é baseado em livro homônimo lançado em 2006 e recontará a história real do assassino Julio Santana que garante ter matado cerca de 500 pessoas por todo o país.

O roteiro é assinado por Goldman e George Moura, que assinou a recentemente lançada minissérie da TV Globo Amores Roubados. O longa-metragem está em fase de final da captação de recursos, deve ser filmado no segundo semestre e chega aos cinemas em 2015.

Latitudes, projeto transmídia com Alice Braga e Daniel de Oliveira, ganha primeiro trailer.

O Nome da Morte é o primeiro livro do jornalista Klester Cavalcanti a ser adaptado para o cinema. Outro livro dele, Dias de Inferno na Síria, lançado em 2013 após o autor ter sido capturado e torturado no país do Oriente Médio, já despertou interesse do ator e diretor Márcio Garcia, dono da MGP Filmes.

Daniel de Oliveira segue uma carreira consistente no cinema brasileiro desde o início dos anos 2000. Desde então, ele viveu o cantor e compositor em Cazuza - O Tempo Não Pára, o filho da famosa estilista em Zuzu Angel e o Frei Beto em Batismo de Sangue.