Dave Grohl convidou PJ Harvey para cantar em tributo ao Nirvana com o Sound City Players

O músico havia imaginado que Harvey poderia interpretar “Milk It”, lançada no disco In Utero, de 1993

Jon Blistein Publicado em 21/03/2013, às 12h34 - Atualizado às 16h00

Dave Grohl
AP

Seria memorável ver PJ Harvey cantando uma música do Nirvana ao lado do Sound City Players, mas a cantora não estava disponível para se juntar ao supergrupo na apresentação de Londres. O líder do grupo e antigo baterista do Nirvana, Dave Grohl, revelou que fez o convite, em entrevista à NME.

Exclusivo: Dave Grohl relembra as caóticas e históricas apresentações do Nirvana no Brasil, há 20 anos; ouça a entrevista.

“Alguém apareceu com a ideia de tocarmos uma música do Nirvana com a PJ Harvey”, disse Grohl. “Kurt a amava e nós também. Pensamos: ‘Sim, por que não?’ Eu disse: ‘E se fizéssemos “Milk It”, do In Utero, com Polly cantando?’ Todos nós nos olhamos: ‘Seria incrível’.’ Mas então ela não pôde fazer!”

Grohl disse que ele é cauteloso em executar canções do Nirvana nos shows. “É entrar em um território sagrado”, disse ele. “Se nós alguma vez fizéssemos algo assim, deveria ser muito certo, porque gostaríamos de prestar um tributo. Há uma razão para o Foo Fighters não tocar músicas do Nirvana. E é uma razão muito boa.”

O Sound City Players, criado a partir do documentário sobre o famoso estúdio de gravação Sound City, em Van Nuys, Califórnia, já fez algumas apresentações, incluindo um show no festival de cinema de Sundance, além de shows em Nova York, Los Angeles e Londres.

Grohl anunciou também que a performance de 3 horas e 20 minutos, com Stevie Nicks, John Fogerty, Rick Springfield e Rick Nielsen, na semana passada, no festival SXSW, em Austin, foi a última do grupo.