Dave Grohl e Killer Mike se juntam a grupo de consultoria para ajudar artistas durante pandemia

Músicos se juntam com Quincy Jones à causa, a qual irá 'reconstruir o ecossistema de entretenimento ao vivo de uma forma transparente, diversa e inclusiva'

Felipe Grutter | @felipegrutter (com supervisão de Julia Harumi Morita) Publicado em 12/02/2021, às 09h10

None
Dave Grohl do Foo Fighters (Foto: Renan Olivetti/ I Hate Flash) e Killer Mike (Foto: Timothy Saccenti/Divulgação)

Dave Grohl, dos Foo Fighters, Killer Mike, do Run The Jewels, e o renomado produtor musical Quincy Jones foram nomeados em um novo conselho consultivo nos EUA com intuito de apoiar artistas atingidos pela pandemia de coronavírus. A informação é do NME.

Nesse conselho da National Independent Venue Association (NIVA) irá "compartilhar os diversos conhecimentos e experiência profissional em streaming, emissão de ingressos, gerenciamento e muito mais para ajudar a organização e integrantes a navegar pelo restante desta pandemia e reconstruir o ecossistema de entretenimento ao vivo de uma forma transparente, diversa e inclusiva."

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

A NIVA foi formada em março de 2020 durante o surto de Covid-19 no mundo, a qual forçou o cancelamento de quase um ano de shows ao vivo e atingiu inúmeros locais independentes nos Estados Unidos, onde a organização atua, e no mundo.

"Quando a pandemia atingiu pela primeira vez, ficou claro que a comunidade independente de música ao vivo precisaria se unir para obter tranquilidade”, disse Boris Patronoff, presidente do Conselho Consultivo da NIVA e CEO da See Tickets. "Fazer exatamente isso, um grupo dedicado de promotores começou a formar a NIVA e orgulhosamente nos propusemos a apoiá-los. As conquistas até agora têm sido notáveis ​​e estou entusiasmado por servir, acredito, uma organização importante nos próximos anos."

+++LEIA MAIS: Como Axl Rose deu a volta por cima e se tornou relevante para a música novamente [LISTA]

Desde então, mais de 800 casas de show se juntaram à causa, responsável por liderar a campanha #SaveOurStages (#SOS).

Inclusive, Grohl já havia tocado com o Foo Fighters para a campanha, na icônica casa The Troubadour de Los Angeles. Em agosto de 2020, a banda também trouxe de volta os designs originais de duas das camisetas da turnê de 1995 para ajudar a iniciativa. A receita das vendas foi para #SaveOurVenues (vendas do Reino Unido) e #SaveOurStages (vendas dos EUA).


+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL


+++MAIS SOBRE MÚSICA: Akon, Ne-Yo e mais: 25 músicas nostálgicas dos anos 2000

Os anos 2000 nos proporcionaram algumas das músicas mais nostálgicas que já conhecemos. O black, unido ao pop e ao R&B fizeram de algumas canções verdadeiros hits - e só de ouvir, dá vontade de voltar no tempo e se jogar nos passinhos.

+++LEIA MAIS: Os 11 melhores discos de pop-punk dos anos 2000, segundo radialistas

Quem lembra das icônicas músicas de Ne-Yo, Akon, Mariah Carey e Nelly Furtado, sabe bem qual é esse sentimento. Não eram apenas hits, mas músicas que podiam fazer qualquer um vivenciar fortes emoções: do romance de “Sexy Love” à tristeza de “Sorry, Blame It On Me”.

Os beats icônicos, letras e refrões impecáveis fizeram destas músicas verdadeiros marcos dos anos 2000. Elas foram trilha sonora da adolescência e juventude de muitas pessoas - e é impossível ouvir de novo e não fechar os olhos, fingir que está em um clipe e dar uns passos de dança.

+++LEIA MAIS: Akon criará 'Wakanda da vida real' no Senegal com 800 hectares e energia solar: entenda os planos para a 'Akon City'

A Rolling Stone Brasil separou 25 músicas nostálgicas dos anos 2000:

“Miss Independent” - Ne-Yo


“Beautiful Liar” - Beyoncé, Shakira


“So Sick” - Ne-Yo


“My Boo” - Usher, Alicia Keys


“Love in This Club” - Usher, Zeezy


“Me & You” - Cassie


“Fire Burning” - Sean Kingston


“Beutiful Girls” - Sean Kingston


“Buttons” – The Pussycat Dolls, Snoop Dogg


“What Goes Around...Comes Around…” - Justin Timberlake


“Dilemma” - Nelly, Kelly Rowland


“Sorry, Blame It On Me” - Akon


“My Love” - Justin Timbarlake


“Promiscuous” - Nelly Furtado, Timbaland


“Pump It” - Black Eyed Peas


“Heartless” - Kanye West


“Replay” - Iyaz


“Sexy Love” - Ne-Yo


“Obsessed” - Mariah Carey 


“Say It Right” – Nelly Furtado


“Always on Time” - Ja Rule


“Don’t Stop The Music” - Rihanna


“Umbrella” - Rihanna, Jay-Z


“Low” – Florida, T-Pain


“Don’t Lie” - Black Eyed Peas