Dave Grohl e Pat Smear fazem passeio por refúgios de David Bowie em Los Angeles

Integrantes de Foo Fighters e Nirvana, eles explicam porque a banda de Kurt Cobain tocou “The Man Who Sold the World” no MTV Unplugged

Rolling Stone EUA Publicado em 18/02/2016, às 14h47 - Atualizado às 15h08

Dave Grohl e Pat Smear (ex-Nirvana, atuais Foo Fighters) em vídeo de passeio de carro por refúgios de David Bowie em Los Angeles, nos Estados Unidos
Reprodução/Vídeo

Poucos dias depois de fazer uma cover de David Bowie com Beck em um evento pré-Grammy, Dave Grohl e Pat Smear (ex-Nirvana e atualmente no Foo Fighters) embarcaram em um passeio de carro – gravado em vídeo pela Playboy – pelos refúgios preferidos do britânico em Los Angeles (EUA). No caminho, eles falaram sobre as relações deles com Bowie.

Acompanhante de luxo: as mais emblemáticas parcerias de Dave Grohl.

Durante a viagem, Smear – que afirmou ter tido contato com Bowie nos anos 1970 – revelou como o Nirvana decidiu fazer a cover de “The Man Who Sold the World” no MTV Unplugged da banda: Smear e Kurt Cobain estavam ouvindo discos quando decidiram que deveriam fazer uma cover para o álbum acústico.

A conversa dos dois ganhou um rumo com Cobain dizendo que gostaria de fazer uma cover de alguma música de David Bowie. Foi Smear, entretanto, que sugeriu a faixa-título de The Man Who Sold the World, depois de avistar o disco na coleção do vocalista do Nirvana.

Relembre a carreira de David Bowie em fotos marcantes.

A primeira parada deles foi a casa de Bowie na região de Doheny Drive, onde o britânico supostamente guardava “leite e pimenta... e cocaína”. Depois, o duo do Foo Fighters visitou o lendário clube noturno glam Rodney Bingenheimer's English Disco e o Rainbow Room, onde Grohl falou com Smear sobre quando ele conversou com Bowie por e-mail, cerca de dois anos atrás.

“Tocamos na festa de aniversário de 50 anos dele, no Madison Square Garden, e foi a última vez que o vi, então era 1997?”, disse Grohl. “Cerca de dois anos atrás, fui abordado para fazer uma música para um filme, então pensei: ‘Talvez eu chame alguém para cantar, faço a música e convido outro vocalista’.”

Galeria: dez shows de despedida que gostaríamos de ter visto.

O ex-baterista do Nirvana acrescentou: “Então pensei: ‘Talvez eu convide e veja se David gostaria de fazer isso. Então, no dia seguinte eu recebi um e-mail dizendo: ‘David, assisti ao filme e tenho que ser honesto, não é para mim’. Ele disse: ‘Não me encaixo nesses tempos.”

A troca de e-mails continuou com Grohl agradecendo a Bowie por considerar a oferta, no que o britânico respondeu: “Tudo bem, agora que está resolvido, foda-se”. Grohl não tem certeza se Bowie estava brincando ou falando sério, então a troca de e-mails continuou, com Grohl dizendo que veria Bowie na próxima festa de aniversário dele com show no Madison Square Garden.

Elegemos os melhores segundos discos de grandes nomes da música

Bowie então respondeu: “Sem mais aniversários. Fiquei de saco cheio deles”. O cantor de “Heroes” então mandou outro e-mail: “Mas aquela noite foi muito engraçada, não foi?”. Entretanto, Grohl diz no vídeo que Bowie era frequentemente brincalhão por e-mail, tendo desejado Feliz Ano Novo ao baterista no meio de março.

Assista abaixo.