David Bowie alcança primeiro lugar na parada de discos inglesa

Com as 94 mil cópias de The Next Day vendidas em uma semana, o músico chegou ao topo pela primeira vez em 20 anos

Redação Publicado em 18/03/2013, às 11h55 - Atualizado às 20h31

-

David Bowie está de volta ao topo das paradas de discos inglesa. Com as 94 mil cópias de The Next Day vendidas em uma semana, ele subiu ao primeiro lugar da competição, posto não ocupado pelo músico há 20 anos.

Uma discografia selecionada com tudo o que David Bowie fez de melhor... e algo mais.

O disco, que segundo Rob Sheffield, da Rolling Stone EUA, marca "um retorno que os fãs de Bowie temiam que nunca viria" (leia a resenha completa), repetiu o feito de Black Tie White Noise , de 1993, e deixou para trás o concorrente What About Now, dos americanos do Bon Jovi, também lançado no início da semana passada.

A quantidade de cópias também dá a Bowie o título de artista com vendagem mais rápida do ano, na Inglaterra. Até então, Opposites, de Biffy Clyro, era o álbum com o melhor desempenho em sete dias, tendo vendido 71,6 mil cópias.

A dura batalha de Bowie agora é nas paradas norte-americanas, que sairá nos próximos dias. Ele duelará novamente contra o grupo de Jon Bon Jovi pela liderança do Top 200 da Billboard norte-americana.

Nos EUA, contudo, a força de Bowie não é tão grande, historicamente. Ele, por exemplo, nunca chegou ao primeiro lugar e conseguiu apenas quatro discos entre os dez mais vendidos - Diamond Dogs (5º), Young Americans (9º), Station to Station (3º) e Let's Dance (4º), todos lançados entre 1974 e 1983.