David Bowie: documentário mostra os primeiros anos do artista antes da fama

David Bowie: Finding Fame é o terceiro documentário sobre o artista dirigido pelo britânico Francis Whately

Redação Publicado em 11/04/2019, às 12h52

None
David Bowie (Foto: AP)

"Possivelmente, David Bowie é ainda mais famoso na morte do que foi em vida", comenta o documentarista Francis Whately que acaba de fazer o seu terceiro documentário sobre a estrela de música britânica, que morreu em 2016 aos 69 anos.

Na sequência do aclamado David Bowie: Five Years (2013) e David Bowie: The Last Five Years (2017), chega David Bowie: Finding Fame - que conta a trajetória do artista antes do clássico disco Ziggy Stardust.

O longa que estreia na Nova Zelândia nesta semana, explora o período pré-fama da lenda do pop, quando muitas de suas ideias nasceram e o que o impulsionou para a fama global.

David Bowie - Finding Fame começa em 1966, logo após o músico ter mudado seu nome de David Jones. O documentário mostra o início da surpreendente capacidade de reinvenção do artista e inclui entrevistas com a prima de Bowie e sua amiga Kristina Amadeus, suas ex-namoradas Hermione Farthingale e Dana Gillespie, a coreógrafa Lindsay Kemp, os produtores de Bowie Tony Visconti, Mike Vernon e Tony Hatch, seus amigos de longa data como Geoff MacCormak e George Underwood, e Woody Woodmansey.

O longa também examina como ele organizou todas as suas influências para criar não só Ziggy Stardust, mas também todo o material de sua carreira. Além de uma surpresa: a primeira apresentação de TV do Bowie com o Ziggy.

Acreditava-se que esta aparição de junho de 1972 no programa Lift Off With Ayshea tinha sido perdida. Mas gravado por um espectador e descoberto em uma fita antiga, esta filmagem foi cuidadosamente restaurada. Como disse Whately: "Será algo como um Santo Graal para os fãs".

"Fazer essa trilogia tem sido uma experiência incrível para mim", diz ele. "Desenterrando gravações raras, filmagens e arquivos, e o privilégio de falar com tantos de seus amigos e colaboradores que eram tão abertos em falar sobre o Bowie que eles conheciam, amavam e admiravam tanto. Espero que este terceiro filme traga algum novo entendimento para este grande artista desde os primeiros anos da sua incrível vida", conta o diretor.

Olhando para trás na carreira de Bowie, Whately diz que seu trabalho tem temas constantes.

"Espiritualidade, a fama e o afastamento eram assuntos para ele. Sua atitude em relação a isso era interessante - como ele ansiava por isso no começo, mas depois achou bastante cansativo."

"Vendo este documentário, somos lembrados por que Bowie é considerado como o artista pop mais importante do século passado. Seu trabalho ainda tem capacidade para impressionar." comenta o diretor. 

David Bowie: Finding Fame estreia no dia 23 de abril