David Cronenberg fará remake de A Mosca

Diretor, que lançou o título original em 1986, irá roteirizar e possivelmente dirigir a nova versão

Da redação Publicado em 24/09/2009, às 15h40

O cineasta canadense David Cronenberg

Ver Galeria
(2 imagens)

A Mosca, clássico da ficção científica com Jeff Goldblum do homem que se metamorfoseia no animal-título, ganhará remake - e quem assume o projeto é David Cronenberg, diretor do filme original.

O cineasta remonta parceria com Fox, estúdio que lançou a produção de 1986. Cronenberg irá, por ora, encarregar-se do roteiro, embora possa acumular a função de diretor, segundo o blog Risky Business, integrado ao site The Hollywood Reporter.

Responsável por Scanners - Sua Mente Pode Destruir (filme-fetiche na carreira voltada a narrativas violentas), o canadense se pronunciou, no passado, contrário à refilmagem de A Mosca - se acontecesse, ele não gostaria de estar envolvido (embora tenha trabalhado em adaptação à ópera do enredo, encenada em Paris e Los Angeles). Agora, aparentemente, aderiu à filosofia "se quer bem feito, faça você mesmo" - onda do austríaco e vencedor de Cannes Michael Haneke, que relançou em 2007 Violência Gratuita, versão norte-americana do filme homônimo de dez anos antes.

O título de 1986 já é remake de outro, de 1958, com direção de Kurt Neumann.

Com bilheteria doméstica de U$ 40 milhões, um feito para os valores da época, A Mosca gerou sequência menos bem-sucedida três anos depois, com a qual Cronenberg não se envolveu - a direção ficou por conta de Chris Walas, que cuidou dos efeitos especiais no primeiro filme.

Também expoente da filmografia de Cronenberg, Videodrome será outro a ganhar remake, por ora sem participação do diretor.

Atualmente, o cineasta trabalha em The Matarese Circle, com Tom Cruise e Denzel Washington. O filme se baseia no livro homônimo de Robert Ludlum, da série Bourne, base para a franquia estrelada por Matt Damon.