Pulse

“David era um grande astro e eu guardo com carinho os momentos que passamos juntos”, diz Paul McCartney sobre Bowie

Os Rolling Stones também se manifestaram dizendo que ele foi um homem generoso e um "artista extraordinário e verdadeiramente original"

Redação Publicado em 11/01/2016, às 12h26 - Atualizado às 15h07

Paul McCartney e David Bowie
reprodução

Paul McCartney e os Rolling Stones também manifestaram seu pesar diante da morte do lendário David Bowie no último domingo, 10. Bowie tinha acabado de completar 69 anos e sofria de câncer há um ano e meio.

"Foi muito triste acordar com essa notícia em uma manhã chuvosa”, disse McCartney no Facebook, em um texto acompanhado por uma foto dos dois quando jovens.

"Very sad news to wake up to on this raining morning. David was a great star and I treasure the moments we had together....

Posted by Paul McCartney on Monday, January 11, 2016

“David era um grande astro e eu guardo com carinho os momentos que passamos juntos.O trabalho dele foi essencial na história da música britânica e me orgulho de pensar na enorme influência que ele teve sobre pessoas do mundo todo. Deixo aqui minhas mais profundas condolências para a família dele e vou sempre me lembrar dos momentos divertidos que tivemos ao longo dos anos. A estrela dele vai brilhar no céu para sempre.”

Os Rolling Stones se disseram “chocados e profundamente tristes de saber da notícia da morte do nosso querido amigo David Bowie”. No post, também publicado no Facebook, a banda declarou que “além de ter sido um homem incrível e generoso, ele também foi um artista extraordinário e verdadeiramente original.”

The Rolling Stones are shocked and deeply saddened to hear of the death of our dear friend David Bowie. As well as being a wonderful and kind man, he was an extraordinary artist, and a true original.

Posted by The Rolling Stones on Monday, January 11, 2016