David Lynch volta atrás e diz que fará parte do retorno de Twin Peaks

Diretor havia anunciado no início de abril que as negociações não deram certo e ele não integraria o projeto

Redação Publicado em 18/05/2015, às 10h04 - Atualizado às 11h52

David Lynch
AP

O diretor David Lynch (Veludo Azul, Império dos Sonhos, O Homem Elefante e outros clássicos) está de volta ao projeto que traz de volta da série Twin Peaks. Na última sexta, 15, um mês e meio depois de ter anunciado que não participaria mais do trabalho por falta de “dinheiro suficiente” para que o roteiro fosse executado, ele declarou no Twitter que a situação tinha mudado.

Damn good coffee: Dez falas icônicas de Twin Peaks.

“Queridos amigos, os rumores não são o que eles parecem ser... Está acontecendo de novo. #TwinPeaks de volta no @SHO_Network.”

David Nevins, presidente do canal Showtime, responsável pela produção, confirmou em comunicado: “David vai dirigir tudo, e será mais do do que as nove horas originalmente anunciadas. A pré-produção começa agora!”

Cocriador de Twin Peaks revela acontecimento da nova temporada.

Em outubro de 2014, o canal a cabo Showtime revelou que traria de volta Twin Peaks, série dramática de grande sucesso produzida por Lynch na década de 1990. O diretor faria parte do retorno, assim como Mark Frost, cocriador do seriado.

Twin Peaks retornará à televisão em 2016, quase três décadas após o fim da segunda temporada, em 1991. A retomada da trama, entretanto, pode ser analisada como uma estratégia, pois, ao final do último episódio exibido, a personagem Laura Palmer (Sheryl Lee) diz ao Agente Cooper (Kyle MacLachlan) a emblemática frase: “Nos veremos novamente em 25 anos”. Relembre a cena abaixo:

Além de Lynch e Frost, grande parte do elenco estaria escalado para os futuros episódios. Na época da desistência do diretor, atores presentes nas primeiras temporadas da série fizeram um vídeo no qual clamavam pela volta de David Lynch.

Elenco de Twin Peaks faz campanha por retorno de David Lynch.

A série ganhou o Globo de Ouro de Melhor Drama em 1991. Os atores Kyle MacLachlan e Piper Laurie também ganharam um Globo de Ouro cada, nas categorias de Melhor Ator de Série Dramática e Melhor Atriz Coadjuvante de Série Dramática, respectivamente.