Pulse

De Jimi Hendrix a Prince: Conheça 7 guitarras icônicas na história da música [LISTA]

Considerada o símbolo do rock, a guitarra também passeou nas mãos de grandes músicos fora dessa cena

Redação Publicado em 02/06/2019, às 20h00

None
Jimi Hendrix no Monterey Pop Festival, na Califórnia, em 18 de junho de 1967 (Foto: BRUCE FLEMING/AP)

Pensando na mítica história da guitarra, responsável por causar uma completa revolução na indústria da música, apresentamos alguns artistas e a suas relações de amor com o instrumento. 

Segue abaixo a lista com sete guitarras icônicas e seus grandes mestres com riffs marcantes e criativos!

B.B. King – Lucille

B.B King tocava blues desde os anos 1940 com sua fiel guitarra Gibson. Numa noite de inverno em 1949, durante uma apresentação em um clube em Arkansa, dois homens começaram uma briga e derrubaram um balde com querosene, que estava sendo utilizado para aquecer o local, o que provocou um incêndio e obrigou que todos saíssem do clube. 

Na saída, B.B King percebeu que tinha deixado a sua Gibson L-30 do lado de dentro e então voltou para buscá-la. "O prédio era de madeira e estava queimando rapidamente. Tudo começou a desabar ao meu redor, e quase perdi minha vida tentando salvar minha guitarra", comentou o ícone da música em uma entrevista há alguns anos. 

Na manhã seguinte, descobriram que os rapazes estavam brigando por uma mulher que trabalhava no salão de dança, cujo nome era Lucille. A partir daí, B.B King batizou a sua guitarra com o nome de para que ele jamais fizesse algo assim novamente.  

Jimi Hendrix – Fender Stratocaster

 

Considerado o instrumentista mais influente da história do rock, pelo Hall da Fama e do Rock'n'roll, Jimi Hendrix foi um revolucionário e sua maior companheira era uma Fender Stratocaster. Muitos intrumentos do ícone acabaram na lata de lixo depois de serem destruídos ou queimados em alguma apresentação, como em um show em 1967, em que ele colocou fogo em uma Fender ao som da música "Fire".

No entanto, um exemplar em particular, era tratado com muito carinho: a Fender Stratocaster branca de 1968. Com ela, Jimi se apresentou em Woodstock, em 1969, tocou o hino americano e a levou em sua última apresentação, no Festival da Ilha de Fehmarn, na Alemanha, antes de morrer em setembro de 1970. 

Jimmy Page - Gibson Les Paul 1959 "Number One" 

 

Page conhecou a guitarra em 1969. O instrumento foi oferecido por Joe Walsh, guitarrista dos Eagles, e quando Page a tocou pela primeira vez, imediatamente se apaixonou pelo braço mais fino, robustez (com 44 anos de uso), som firme e encorpado que na sequência marcou presença em todos os discos do Led Zeppeling a partir de então. 

Ele ainda continua usando essa guitarra nas turnês e estúdios. A Gibson, responsável pela guitarra, criou outro exemplar que Page batizou de Number Two. 

+++ Em animação, Jimmy Page conta origem mística de sua guitarra espelhada

Eddie Van Halen – Frankenstrat

 

Nos anos 1978, os fãs de Edward Van Halen, entraram em transe com o solo de guitarra de "Eruption". Naquela época, Halen foi além da técnica de tapping e trouxe um timbre de distorção que ficou marcado para a eternidade. Muitos dizem que não existe ninguém mais criativo que ele, depois que descobriram que Halen improvisou. 

Sua guitarra, com desenhos abstratos e cores fortes, tem um nome inusitado: “Frankens”, que vem do personagem de ficção, Frankenstein, e “Trat”, da guitarra Fender Stratocaster. Uma cópia dessa peça, assinada pelo guitarrista, está no Museu Nacional da História Americana, em Nova York. 

Brian May - Red Special 

 

 

Na década de 1960, Brian May, guitarrista do Queen, não tinha condições financeiras muito boas, então, ele e o seu pai dediciram construir uma guitarra. Os dois aproveitaram uma moldura da lareira e o carvalho de uma velha mesa de jantar para construir o corpo e o braço da guitarra e pegaram peças de uma motocicleta e da máquina de costura de sua mãe. Harold May, construiu toda a parte elétrica do instrumento, e nos primeiros anos de carreira, Brian fez questão de explicar que não havia sintetizadores nas canções da banda, apenas o som da Red Special. 

Brian a usou por mais de 30 anos, em shows e gravações de estúdio, até que ela ficou debilitada devido o uso. Com isso, ele foi convencido a criar réplicas perfeitas do instrumento, e no final das contas, começou a produzir a comercializar sua própria linha de réplicas. 

+++ "Estranho": Brian May é sincerão ao reagir à nova música de Adam Lambert, companheiro de Queen; ouça New Eyes

Kurt Cobain – Univox

 

Kurt Cobain, conhecido por ter liderado a maior banda de grunge de todos os tempos, era viciado no modelo de guitarra Univox Hi-Flyers. Foi o modelo 68 Hi-Flyer Custom que ele quebrou durante uma apresentação do Nirvana

Com canções que já falavam sobre temas como a importância do feminismo, direitos LGBT e autenticidade da atitude punk, o grupo foi responsável por transformar todo o cenário da música nos anos 1990. 

+++ Kurt Cobain beijou Eddie Van Halen na boca em camarim, conta vocalista do Sonic Youth

Prince – Cloud

Na estréia de seu filme musical Purple Rain, de 1984, Prince pediu que criassem um modelo único de guitarra para estar nas cenas em que ele aparece tocando. O instrumento, que era só para compor o cenário, ficou tão bom que em 1989, criaram uma série de guitarras para venda, com a cor amarela. A guitarra fez tanto sucesso que se consolidou na lista dos instrumentos mais emblemáticos da música.

+++ Imagens inéditas de Prince serão publicadas em fotolivro

+++ De Zeca Pagodinho a Kendrick Lamar, Djonga escolhe os melhores de todos os tempos