De surpresa, Eminem lança o disco Music to Be Murdered By com Ed Sheeran e referência ao atentado em Manchester

O álbum tem participações de astros como Juice WRLD, Q-Tip, Ed Sheeran, Black Thought, Young M.A, and Anderson .Paak

Redação Publicado em 17/01/2020, às 08h24

None
Eminem na arte da capa de Music to Be Murdered By (foto: reprodução)

 Eminem acaba de lançar de surpresa um novo disco, Music to Be Murdered By. As faixas contém participações de diversos artistas, como o falecido Juice WRLD, Black Thought, Young M.A, Ed Sheeran, Q-Tip e Anderson .Paak.

Além do lançamento nas plataformas digitais, o rapper divulgou o clipe de “Darkness”, uma das faixas do disco. O vídeo mostra um massacre em um show em Las Vegas, seguido de trechos de noticiários sobre o tiroteiro de Las Vegas Strip, em 2017.

+++LEIA MAIS: O dia em que Eminem quase matou o Justiceiro nos quadrinhos da Marvel

Assista ao clipe de “Darkness” abaixo:

No final do vídeo, legendas sobem com mensagens para as pessoas votarem para mudar a legislação de porte de armas nos Estados Unidos, com um convite para se registrar no site vote.gov, onde os cidadãos americanos podem criar um título de eleitor virtual.

Em outras faixas, como “Unacommodating”, Eminem relembra a briga com Machine Gun Kelly e referencia o atentado a bomba no show de Ariana Grande em 2017, na cidade inglesa de Manchester. 

+++LEIA MAIS: Eminem responde por rima a favor da violência de Chris Brown contra Rihanna: 'Gravado há 10 anos'

Além da arte da capa, na qual o rapper aparece com uma pá e de terno e chapéu fedora, há também uma capa alternativa divulgada no Instagram, com homenagens diretas ao cineasta Alfred Hitchcock. Hitchcock até virou sample de uma das faixas. 

Veja a capa abaixo:

Eminem já é conhecido por divulgar álbuns de surpresa. Em 2018 ele lançou Kamikaze, que continha “Fall”, uma faixa que se tornou infame por ter ofensas homofóbicas a Tyler, The Creator.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'