Pulse

Demitido de Bohemian Rhapsody, Bryan Singer pode receber US$ 40 milhões

Acusado de assédio, diretor saiu da produção antes mesmo de terminar o filme

Redação Publicado em 30/01/2019, às 13h28

None
O diretor Bryan Singer durante a premiere do filme O Hobbit (Foto: Matt Sayles/Invision/AP)

Bryan Singer foi demitido da direção de Bohemian Rhapsody no meio da produção do filme, em decorrência de diversas polêmicas. Mas, mesmo não tendo terminado o longa, ele deve lucrar um valor alto com a bilheteria.

Segundo fontes ouvidas pelo Hollywood Reporter, Singer pode embolsar o total de US$ 40 milhões, porque mesmo com a demissão, o diretor ainda é creditado pela direção da cinebiografia do Queen.

Leia também: Diretor de Bohemian Rhapsody enfrenta novas acusações de abuso sexual e estupro

Bohemian Rhapsodyteve que ser terminado por Dexter Fletcher depois do desligamento de Bryan Singer.

O portal explicou que a 20th Century  Fox – estúdio responsável pelo longa – está procurando opções legais para reverter a clausula de contrato que direciona parte do dinheiro arrecadado com o filme para Singer.

É estimado que o diretor tenha recebido US$ 10 milhões pelo trabalho em Bohemian Rhapsody, o que faz com que ele possa levar o total de US$ 50 milhões pela cinebiografia.

Em 2017, a 20th Century Fox confirmou a demissão do diretor depois de sua presença se tornar “incerta”.

O estúdio chegou a informar que tinha "temporariamente interrompido” a produção do filme devido à “inesperada falta de disponibilidade” de Bryan Singer.

As tensões no set cresceram quando Rami Malek, que interpretou Freddie Mercury, começou a reclamar da falta do diretor. Depois, o estúdio confirmou que a ausência de Singer foi determinante para a demissão.

Ele faltou diversas vezes ao set de filmagens do longa, o que também irritou o ator Tom Hollander, que dava vida ao empresário do Queen e também deixou do filme.

Bohemian Rhapsody concorre a 5 categorias do Oscar, incluindo ao prêmio de Melhor Filme, e se tornou a maior cinebiografia musical da história do Cinema.

Assista ao trailer de Bohemian Rhapsody abaixo.