Depois da morte de Keith Flint, The Prodigy volta ao estúdio

Cinco meses após perder o vocalista, a banda britânica retoma os trabalhos

Redação Publicado em 22/08/2019, às 10h12

None
Keith Flint (Foto:AP Photo/Keystone, Steffen Schmidt/Arquivo)

O The Prodigy vive! Os britânico do hardcore eletrônico anunciaram pelas redes sociais uma inesperada "volta ao estúdio", e deram indícios de que esse retorno deve resultar na barulheira característica da banda que conquistou uma multidão de fãs ao longo dos anos 1990.

"Músicas novas do Prodigy estão a caminho", escreveram na legenda da foto postada na última terça, 20, na qual Liam Hawlett, cofundador do grupo, aparece em ação.

Ainda não se sabe, porém, se as novas faixas vão contar com algum tipo de homenagem póstuma a Keith Flint, ou se o Prodigy pretende usar gravações inéditas que o cantor fez antes de morrer.

A notícia dessa volta aos trabalhos chega cinco meses após a morte do vocalista, que carregava e personificava de forma exemplar todo o espírito e a energia da banda.

Flint foi encontrado morto na casa onde morava, em Essex, no dia 5 de março de 2019. As autoridades responsáveis pela investigação confirmaram que o músico se enforcou.

+++ De Djonga a Metallica: Scalene escolhe os melhores de todos os tempos