Depois de Game of Thrones, Emilia Clarke desabafa: "Senti que estava desabando"

A atriz precisou lidar com a morte do próprio pai em 2016 enquanto se tornava uma das estrelas da maior série da década

Redação Publicado em 17/01/2020, às 12h06

None
Emilia Clarke em cena de Game of Thrones (Foto: Reprodução)

Desde que o barulhento sucesso da HBO, Game of Thrones, chegou ao fim, a estrela da série e Mãe dos Dragões, Emilia Clarke, tem sido discreta ao comandar novos projetos por meio da própria produtora, Magical Thinking Pictures e estrear no West End em The Seagull, produção de Jamie Lloyd.

Ao ocupar uma posição invejável para grande parte dos artistas, Clarke poderia estar estrelando em filmes de grande sucesso logo depois de participar da maior série da década. Mas ela preferiu viver algo mais sereno. 

+++ LEIA MAIS: Game of Thrones: Jason Momoa defendia Emilia Clarke em gravações de cenas abusivas de sexo

"Quando [Game of Thrones] terminou, eu senti como se estivesse desabando". A atriz relembrou de como de repente teve que lidar com coisas que não teve tempo de processar quando estava focada em conquistar Westeros, como por exemplo, a morte do próprio pai em 2016. 

+++ LEIA MAIS: Game of Thrones: Adolf Hitler foi inspiração para Emilia Clarke no final da série

"Eu diminuí a velocidade porque precisava me reconstruir suavemente de novo".

Em dezembro de 2019, Clarke deu uma entrevista detalhada e intimista para o The Guardian em que explicou como lidou com duas hemorragias cerebrais, a morte do pai e o estrelado de Game of Thrones.


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL