Deborah Secco viverá Irmã Dulce no cinema

A cinebiografia dirigida por César Rodrigues será lançada no centenário da beata, 2014; “Será um enorme desafio, mas uma imensa alegria”, disse a atriz

Redação Publicado em 23/07/2013, às 18h18 - Atualizado às 22h36

Mauricio Nahas

A atriz Deborah Secco foi selecionada para viver Irmã Dulce no cinema. A beata ganhará uma cinebiografia dirigida por César Rodrigues (Vai Que Cola) que será lançada em 2014, ano do centenário dela.

Galeria - Dez dos garotos e garotas de programa mais famosos do cinema.

A produção é de Iafa Britz (Se Eu Fosse Você, Minha Mãe é Uma Peça) e da Migdal Filmes. A Downtown Filmes fará a distribuição. A pré-produção já está acontecendo e as filmagens serão realizadas em novembro, em Salvador.

Entrevista - No mundo da ficção, Deborah Secco está acostumada a interpretar mulheres marcantes, expansivas e vulgares – nada que combine com a postura reservada e a melancolia espontânea que impulsionam sua vida real.

“Me sinto muito lisonjeada por confiarem a mim a responsabilidade de fazer essa mulher genial que nos deu tantas lições e alegrias. Que Deus que nos ilumine nesse processo, pois sem dúvidas ela merece um lindo filme, o melhor de mim! Será um enorme desafio, mas uma imensa alegria!”, disse a atriz em um comunicado para a imprensa.

“No último ano, eu e César fomos várias vezes a Salvador e é impressionante ver a devoção e a paixão dos baianos pela Irmã Dulce. Será um privilégio estrear este filme no ano de seu centenário”, acrescenta Iafa Britz.

“Irmã Dulce foi uma força da natureza, capaz de mover montanhas e renovar esperança. Uma infinidade de testes foram feitos nos últimos meses com atrizes conhecidas e desconhecidas. Deborah soube compreender essa força. Ficamos muito impressionados com ela, e o público também ficará”, complementou o diretor.