Depois de "pirralha" e Bolsonaro, Greta Thunberg zoa Trump no Twitter

A menina de 16 anos é ativista em questões ecológicas - principalmente conscientização sobre aquecimento global - e atrai farpas de líderes globais com o triplo da idade dela

Peter Wade / Rolling Stone EUA e Yolanda Reis / Rolling Stone Brasil Publicado em 12/12/2019, às 15h28

None
Donald Trump e Greta Thunberg (Foto 1: Mark Seliger e Foto 2: Lito Lizana/SOPA Images/Shutterstock)

Donald Trump anda obcecado em ser a Pessoa do Anoda Time. Desde 2013, retuita apoiadores que diziam que ele merecia essa honra. E por anos antes dele ser de fato nomeado - em 2016 -, compartilhava uma capa da Time feita no Photoshop com uma foto dele e com a manchete  "O Aprendiz [programa dele] arrasa!”

Então, não é realmente surpresa que o anúncio da Pessoa do Ano de 2019 - para a ativista de 16 anos Greta Thunberg, que é abertamente crítica às declarações de Trump negando o aquecimento global - incomodaram Trump a ponto dele twittar que ela precisa trabalhar “em seus problemas de controle de raiva.”

+++ LEIA MAIS: Green Day muda letra de American Idiot para atacar Donald Trump

“Ridículo,” escreveu Trump - que é 57 anos mais velho do que a adolescente. “Greta precisa trabalhar em seus problemas de controle de raiva, e então ir assistir um filme da maneira antiga com alguma amiga. Relaxe, Greta, Relaxe!”

Alguns minutos depois da publicação do Trump, Thunberg - atrevida e piadista - respondeu ao atualizar a bio do Twitter dela: “Uma adolescente trabalhando nos problemas de raiva. Atualmente relaxando e assistindo um filme da maneira antiga com uma amiga.”

+++ LEIA MAIS: Nova HQ do Batman faz alusão a Bolsonaro com tuíte de personagem chamado JM Bozo

Esta semana, foi a segunda ofensa que Greta Thunberg recebeu de um líder global. Na terça, 10, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro declarou em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, que a ativista é uma “pirralha.”

“Como é, índio? Qual o nome daquela menina lá?,” espezinhou Bolsonaro. “Não, lá de fora, lá. Aquela Tabata, não. Como é? Greta. A Greta já falou que os índios morreram porque estão defendendo a Amazônia. É impressionante a imprensa dar espaço para uma pirralha dessa aí. Uma pirralha.”

+++ LEIA MAIS: Alexandre Frota pede ajuda a Pabllo Vittar para tirar Bolsonaro do poder

A resposta da garota? Também petulante e passivo-agressiva: alterou a descrição da bio no Twitter: “Pirralha,” lia-se, simplesmente. O termo virou trend no Brasil - e ela voltou à descrição habitual algumas horas depois. 

Também não é novidade que a garota seja cutucada por Trump, que já tentou desacreditá-la por estar dentro do espectro autista e da síndrome de Asperger. Em setembro, o presidente dos EUA republicou um vídeo do discurso de Greta nas Nações Unidas, alertando sobre consequências do aquecimento global. “Ela parece uma garotinha muito feliz procurando por um futuro brilhante e maravilhoso. Tão legal ver isso,” ironizou o político.

+++ LEIA MAIS: Kanye West reafirma apoio a Trump: “nunca tomei uma decisão com base na minha cor”

Talvez Trump precise que Melania, esposa dele - que declarou que cyberbullying seria uma das suas causas principais como primeira dama - lembre-o de “Ser Melhor,” e não sair por aí perseguindo adolescentes no Twitter.

+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'