Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Depois de seis anos, Amazônia bate recorde de desmatamento em março

Março de 2021 bateu recorde de desmatamento para o mês: foram 367,61 km²

Redação Publicado em 09/04/2021, às 18h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Desmatamento da Amazônia (Foto: Victor Moriyama/Getty Images
Desmatamento da Amazônia (Foto: Victor Moriyama/Getty Images

O desmatamento na Amazônia bateu recorde em março de 2021. Segundo histórico do Deter, sistema de monitoramento de desmate do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), em seis anos, foi a maior área de km² de floresta destruída no mês. As informações são da Folha de São Paulo.

Segundo dados do Inpe divulgados nesta sexta, 9 de abril, foram 367,61 km² de desmatamento. A maior área de desmate divulgada anteriormente foi de 356,6 km² em 2018 e 326,49 km²  em 2020.

+++LEIA MAIS: ‘De que lado você está: Amazônia ou Bolsonaro?’, questiona Mark Ruffalo ao divulgar vídeo sobre desmatamento

A destruição da floresta em março cresceu 12,6% em relação ao mesmo mês em 2020. Mesmo em meio à pandemia de Covid-19, conforme noticiado pela Folha, o ano de 2020 foi o que atingiu os maiores índices de desmatamento nos últimos 12 anos.

Segundo o G1, o Greenpeace comentou o recorde de desmatamento na Amazônia e citou o atual governo como responsável por um "aumento histórico do desmatamento com taxas anuais não observadas desde 2008, com 9% de aumento em 2020 comparado ao ano de 2019".

+++LEIA MAIS: Bolsonaro: 'É uma mentira essa história de que a Amazônia arde em fogo'

Cristiane Mazzetti, Gestora Ambiental do Greenpeace, disse ao G1: “Voltamos à era dos grandes desmatamentos e em meio a medidas que promovem o desmatamento na Amazônia e premiam os criminosos, o Deter de março é mais um motivo para que o governo Biden não assine um ‘cheque em branco’ com o governo de Bolsonaro.”

A entidade lembrou algumas das medidas tomadas durante o governo Bolsonaro que facilitam o desmatamento da Amazônia, como paralisação do Fundo Amazônia e corte de recursos para a proteção do meio ambiente.

+++LEIA MAIS: Governo de Bolsonaro é alvo de protestos no mundo todo por conta da Amazônia


+++ KONAI: 'ESTAMOS EM PRESSÃO CONSTANTE PARA SER O QUE NÃO É NOSSO NATURAL' | ENTREVISTA