Depois de Tiger King: 5 documentários bizarros e reais - seitas, doping e festivais de música [LISTA]

A série da Netflix se tornou um expoente da categoria de documentários mais estranhos que a ficção, e introduziu novos expectadores ao mundo de bizarrices

Vinicius Santos Publicado em 18/04/2020, às 12h00

None
Wild, Wild Country / Icarus / Fyre Festival: Fiasco no Caribe (Fotos: reprodução/ Netflix)

A mais nova série documental da Netflix, Tiger King é o relato insólito da batalha judicial absurda do dono de zoológico Joe "Exotic" com a ativista de felinos de grande porte Carole Baskin. Nessa história não foram envolvidos apenas tigres, mas celebridades, drogas, armas e até o FBI.

+++LEIA MAIS: Joe Exotic, de Tiger King, virou uma estrela no Spotify mundial; veja

O sucesso da série foi instantâneo e abriu os olhos de um público muito grande para essa modalidade de docudramas "stranger than fiction" (mais estranho que a ficção, em tradução livre). Por isso, listamos abaixo alguns documentários tão ou mais bizarros do queTiger King - certamente reais e que podem ser encontrados no streaming mais próximo de você.


Finders Keepers (2015)

Ainda na temática de batalhas judiciais loucas entre "rednecks" dos EUA, esse documentário produzido para a Amazon Prime Video conta a história de um homem que acidentalmente comprou em um leilão a perna mumificada de um ex-piloto de avião e transformou a aquisição em atração turística.

+++ LEIA MAIS: Preso, Joe Exotic, de Tiger King, diz se arrepender de prender animais em jaulas

A história inusitada dessa perna virou um fenômeno dos telejornais e acabou por mudar completamente a vida do proprietário do órgão e do homem que queria o membro dele de volta. Uma história surpreendentemente emocionante, apesar de toda a bizarrice.


Wild Wild Country (2018)

De volta a Netflix. Nos anos 1980, o famoso (e extremamente rico) guru indiano Osho, líder de uma seita com milhares de seguidores de várias nacionalidades, decide se mudar da Índia para construir do zero uma comunidade utópica. O lugar escolhido é uma fazenda no estado do Oregon, nos EUA, vizinha de uma cidade de menos de 300 habitantes.

+++LEIA MAIS: Petra Costa pede relatos de pessoas em quarentena para documentário sobre coronavírus

Os conflitos da cidade com o culto de Osho tomou proporções extremas e inimagináveis. O documentário traz relatos dos seguidores do guru na época e os principais cidadãos que o confrontaram judicialmente, numa história marcada pela pregação do amor livre que se tornou doutrina fanática.


Icarus (2017)

O que começou como uma empreitada pessoal do cineasta e ciclista amador Bryan Fogel para definir os impactos do doping no corpo de um atleta tomou proporções inacreditáveis. Acontece que o médico russo contratado por Fogel para administrar os anabolizantes foi um dos principais envolvidos em plano soviético de doping para ganhar nas olimpíadas durante a guerra fria e até hoje.

+++LEIA MAIS: Revolucionário Beetlejuice, de Tim Burton e Michael Keaton, ganhará documentário; conheça

Com revelações estarrecedoras, como 99% dos atletas russos serem acusados e culpados por doping e a até o envolvimento do presidente Vladimir Putin no escândalo, esse documentário e a investigação por trás dele abalou o mundo do esporte e fazem os filmes de conspirações de espião da guerra fria parecerem quase reais.


Fyre Festival - Fiasco no Caribe

Criado pelo jovem empresário Billy McFarland e pelo rapper Ja Rule, o Fyre Festival foi anunciado como um festival de música de luxo em uma ilha particular nas Bahamas, com supermodelos de biquíni, apresentações musicais de astros e acomodações elegantes. Quem pagou uma nota para ir, chegou em uma realidade absurdamente longe das promessas.

+++LEIA MAIS: Fãs reagem às polêmicas do novo documentário sobre Michael Jackson

Quase poeticamente, as mesmas redes sociais que fizeram o Fyre Festival viralizar, vendendo-o como o maior evento musical da década, também espalharam a desgraça, conduta criminosa e uma dose nunca antes vista de megalomania.


Saída pela Loja de Presentes

O disruptivo e misterioso Banksy produziu um documentário que parecia uma visão inédita do mundo dos artistas de rua e acaba mostrando a inusitada ascensão de um novo artista, o francês Thierry Guetta, mais conhecido como Mr. Brainwash

+++LEIA MAIS: 6 documentários que todo apaixonado por música precisa assistir

Mais extraordinário que o documentário em si, foi a repercussão causada por ele, com vários expectadores acreditando que o Mr. Brainwash não passava de uma elaborada invenção de Bansky para criticar o mercado da arte e a sociedade sensacionalista.


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA