Depois dos fracassos de Batman vs Superman e Liga da Justiça, Warner usará inteligência artificial para escolher próximos filmes

Nos últimos anos, o estúdio acabou enfraquecendo seus recursos mais valiosos: os filmes de super-heróis da DC

Redação Publicado em 10/01/2020, às 08h36

None
Batman vs Superman: A Origem da Justiça (foto: reprodução Warner)

Conforme relatado pelo jornal The Hollywood Reporter, a Warner Bros. está deixando de lado a pesquisa de mercado tradicional para contratar a Cinelytic, uma startup que emprega a inteligência artificial (IA) para calcular o possível sucesso de determinados projetos.

Nos últimos anos, o estúdio enfraqueceu o desenvolvimento de seus recursos mais valiosos, ou seja, os filmes de super-heróis da DC, como Batman vs SupermanLiga da Justiça.

+++ LEIA MAIS: Superman seria muito diferente na Liga da Justiça de Zack Snyder; entenda

A Liga da Justiça, por exemplo, deveria ser a peça de resistência do DCEU, mas acabou custando ao estúdio mais de US$ 100 milhões. Após o lançamento do filme, surgiram rumores de que a Warner sabia que a Liga da Justiça falharia em seu estado atual, mas decidiu prosseguir com o lançamento de qualquer maneira. 

Ao descrever o papel da inteligência artificial, o fundador da Cinelytic, Tobias Queisser, disse: "O sistema pode calcular em segundos o que costumava levar dias para ser avaliado por um ser humano quando se trata de avaliação geral de pacotes de filmes ou do valor de uma estrela."

+++ LEIA MAIS: Zack Snyder planejava a morte do Batman em trilogia cancelada da Liga da Justiça; entenda

Essencialmente, o novo sistema da Cinelytic agilizará o processo de pesquisa da divisão de filmes da Warner Bros., mas a IA não tomará nenhuma decisão criativa final. Em vez disso, apenas determinará uma probabilidade de sucesso para os filmes com base em seus orçamentos, marca e talento associado. 

Queisser continuou falando sobre o estado atual da IA ​​da empresa, dizendo: "O que é bom é reduzir números e dividir enormes conjuntos de dados e mostrar padrões que não seriam visíveis aos seres humanos. Mas, para a tomada criativa de decisões, você ainda precisa experiência e instinto." 

 


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'