Deputado se revolta com Jesus gay em especial de Natal da Netflix: "Chacota à fé"

Julio Cesar do Partido Republicanos (DF) criticou A Primeira Tentação de Cristo, produção do Porta dos Fundos, que está disponível na plataforma de streaming

Redação Publicado em 10/12/2019, às 14h32

None
Especial de Natal do Porta dos Fundos (Foto: Reprodução/ Netflix)

O especial A Primeira Tentação de Cristo, feito pelo Porta dos Fundos, foi lançado na última terça, 3, na plataforma de streaming, Netflix

A produção, que encena o retorno de Jesus dos 40 dias no deserto e incita uma relação amorosa entre Jesus e Satanás, provocou descontentamento entre os cristãos e o Deputado Federal Julio Cesar (Republicanos / DF) que se pronunciou nas redes sociais. 

+++ LEIA MAIS: Netflix adquire os direitos para a sequência de Um Tira da Pesada com Eddie Murphy

"Estou cancelando hoje, a minha assinatura da Netflix por conta desse especial", declarou  o deputado federal. "Eles estão encenando que Nosso Senhor Jesus seja homossexual. Inadmissível", acresenta o parlamentar, que é ligado à base evangélica.

Além disso, o deputado enfatizou que o vídeo é uma "chacota à fé dos evangélicos, à fé dos católicos". 

"Estarei entrando com uma representação porque isso é vilipêndio, que está previsto no artigo 208 do Código Penal. Isso é revoltante."

+++ LEIA MAIS: Polêmico e com piadas religiosas, Porta dos Fundos lança trailer do especial de Natal; assista

Veja o tuíte abaixo: 

Além dele, o vice-presidente da União dos Juristas Católicos de São Paulo, Paulo Henrique Cremoneze, alegou que a abordagem é ofensiva. Ao Pleno News, Cremoneze ainda está estimulando os cristãos a boicotarem a plataforma: 

"Uma garantia constitucional não pode jamais ferir outra. A atitude do Porta dos Fundos fere a liberdade religiosa e deforma profundamente o autêntico conceito de arte. Os cristãos de todas as confissões devem se unir em defesa dos valores fundamentais da fé e expor seu veemente repúdio ao filme, ao Porta dos Fundos e a própria Netflix”.

+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'