Descoberto texto de 1953 que rendeu prêmio a Paul McCartney

Futuro rockstar, então com 10 anos, enviou documento para competição realizada em prol da coroação da Rainha Elizabeth II

Da redação Publicado em 28/09/2009, às 11h21

A habilidade de Paul McCartney com palavras ganhou fama global após ascensão dos Beatles. Mas o talento não passava despercebido na infância de McCartney, que, aos 10 anos, foi premiado por um texto sobre a Rainha Elizabeth II, soberana do Reino Unido.

O autor da descoberta é Kevin Roach, pesquisador que prepara um livro sobre a família do ex-Beatle. Encontrado na Livraria Central de Liverpool, cidade natal do ex-Beatle, o documento de cerca de 300 palavras foi gerado sob o título "Dia da Coroação" e preencheu uma página de caderno, reportou o jornal londrino The Sunday Times.

A edição deste mês da Rolling Stone Brasil traz especial sobre os Beatles: os motivos que levaram à separação do Fab Four, o game The Beatles: Rock Band e os bastidores da remasterização. Leia trechos aqui.

O futuro roqueiro redigiu o trabalho para entrar em uma competição feita a reboque da coroação de Elizabeth II como monarca britânica, o que aconteceu em junho de 1953. McCartney - que pode estar a caminho do Brasil, para shows em abril - acabou conquistando primeiro lugar na categoria para menores de 11 anos.

Roach classificou o ensaio como "avançado" - algo que mais parecia "escrito por alguém mais velho do que 10 anos, por volta dos 14 ou 15". O pesquisador aproveitou para sublinhar a importância do achado. "Mostra sua caligrafia naquela época e como Paul estava pensando no momento."

E estas eram, em linhas gerais, as ideias do garoto sobre a soberana que o transformartia, em 1997, em Sir Paul McCartney: "Não acontecerão motins ou matanças porque, nos dias atuais, a monarquia comanda mais com afeto do que com força".

Anos mais tarde, o músico escreveria "Her Majesty", música escondida, na mesma faixa de "The End", na tracklist de Abbey Road, que completou 40 anos no sábado, 26. Disse McCartney na letra: "Sua Majestade é uma garotinha bonita/ Algum dia, eu a irei fazer minha".

O site da rede britânica BBC pôs vídeo com imagens do texto à disposição. Clique aqui para assistir.

Em agosto, vieram à tona outras relíquias relacionadas ao quarteto de Liverpool - como fotos dos ex-companheiros de banda em tempos de colégio. Uma delas trazia justamente McCartney aos 10 anos, entre os colegas da Joseph Williams School, em Liverpool.