Detalhe encontrado em Coringa indica que tudo não passa de um sonho de Arthur Fleck

E se todos os eventos do filme são fruto da imaginação do personagem?

Redação Publicado em 22/01/2020, às 18h37

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução)

Uma teoria popular do Coringa de Joaquin Phoenix, dirigido por Todd Phillips, tem ganhado força nas redes sociais - porque ela realmente faz bastante sentido. 

Muitos acreditam que a maioria dos eventos ocorridos no filme não são reais e as atitudes de Arthur Fleck, principalmente aquelas relacionadas às outras pessoas, são reflexo das alucinações do personagem. 

+++LEIA MAIS: Coringa de Joaquin Phoenix ganha versão pornô

Isso é especialmente discutível ao analisar a cena final do filme, no qualArthur conversa com um médico em uma instituição mental. Isso lembra a cena anterior, quando ele fala sobre estar trancado em um lugar que parece assustadoramente semelhante ao mostrado no final do filme.

Como um perfil do Reddit apontou, o relógio em todo o filme marca 11:11, o que poderia implicar que tudo o que é assistido na tela está realmente acontecendo dentro da cabeça de Arthur.

Esse é o mesmo horário na cena final do filme. De acordo com esse perfil, todos os relógios do longa marcam 11:11 - e fortalece a teoria de que tudo é uma imaginação do Palhaço. 

+++ LEIA MAIS: Com 11 indicações, Coringa já é o filme de HQs mais celebrado da história do Oscar; veja

No entanto, alguns fãs acreditam que essa teoria elimina a importância da mensagem que Coringa tenta passar. Mas, é improvável que seja um erro da equipe de produção e dos cenógrafos. 


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL