Prophets Of Rage confirma separação após anúncio de retorno do Rage Against The Machine

B-Real e Chuck D publicaram o aviso de término nas redes sociais, e agradeceram o apoio dos fãs

Redação Publicado em 04/11/2019, às 14h47

None
Prophets Of Rage (Foto: Torsten Gadegast /AP)

No último sábado, 2 de novembro, o Prophets Of Rage anunciou a separação do supergrupo, já que TomMorello e Brad Wilk vão focar as energias no Rage Against The Machine, que anuncioou retorno às atividades em 2020.

Além dos dois, o Prophets of Rage também era formado por ChuckD e DJ Lord, ambos do Public Enemy e por B-Real, do Cypress Hill. Tanto B-Real quanto ChuckD publicaram no instagram e no twitter agradecimentos e despedidas ao grupo.

+++LEIA MAIS: Rage Against the Machine confirma volta e anuncia 5 shows para 2020; veja as datas

Veja aqui ou abaixo a foto e homenagem de Real-B no instagram:

Em tradução livre: “Eu quero agradecer aos fãs que apoiaram [a banda] enquanto tocamos juntos. Foi uma honra tocar em diversos palcos e para pessoas de todas as idades com esse grupo. Uma época incrível e grandes memórias em tão pouco tempo. Tocar com Chuck e Tomfoi sensacional. Foi divertido enquanto durou e eu espero que tenhamos deixado uma boa impressão e que a música tenha servido de inspiração para quem precisava. Foi por isso que nos juntamos. Então eu digo a todos para se manterem informados, engajados e lutando.”

Chuck D também se manifestou, e você pode ver o tuíte dele aqui ou logo abaixo:

“Era sobre fazer algo maior do que o próprio ser. 2020 tem um lugar reservado para ZDLR [Zack de la Rocha] com o @RATM [Rage Against The Machine] & apoiar uma causa por 1000 dias foi uma missão honrada pela verdade nas horas de caos desde o início da empreitada… E assim as bandas continuam… Vamos lá @cypresshill @PublicEnemyFTP @prophetsofrage", tuitou.

Até agora, o Rage Against The Machine confirmou 5 shows em 2020, e o maior deles é uma apresentação como headliner no festival Coachella, que acontece na Califórnia.