Devo entrará em turnê com músicas experimentais dos anos 1970

Apresentações com canções obscuras já era planejada desde antes da morte do guitarrista Bob Casale

Redação Publicado em 28/03/2014, às 13h56 - Atualizado às 14h15

Devo
Janet Macoska/AP

Pouco mais de um mês depois da surpreendente morte do guitarrista Bob Casale, do Devo, banda pioneira do New Wave, o grupo anunciou as datas da turnê que fará no verão norte-americano. O repertório dos shows estará focado no material criado por eles antes de assinar com a gravadora Warner Bros., em 1978. “Uma oportunidade única de ver o Devo tocando músicas experimentais e lendárias criadas entre 1974 a 1977, em Akron, Ohio”, diz o comunicado enviado à imprensa. “A turnê é dedicada à memória de Robert Casale (também conhecido como Bob 2), um dos cinco integrantes originais do Devo, que agora segue em turnê pelo universo.”

Ícones do post-punk e new wave, entre eles Morrissey, se tornam super-heróis.

Em fevereiro, Jerry Casale disse à Rolling Stone EUA que os planos para a turnê já estavam em andamento antes da morte do irmão dele, Bob. “Para comemorar o aniversário de 40 anos, nós planejávamos sair em turnê e tocar todas as canções antigas e experimentais que estão [na coletânea de demos] Hardcore Devo: Volume One”, disse ele. “Não tocamos essas músicas há 40 anos. Canções como ‘Mechanical Man’, ‘Space Girl Blues’, ‘She Didn't Know I Was a Midget’. Nós queremos mostrar às pessoas o que estávamos fazendo naquela época, usando os mesmos instrumentos, mas com uma sonoridade bastante pesada e crua. Nós éramos o White Stripes e o Black Keys muito antes deles aparecerem."

A turnê marca os primeiros shows sem Bob Casale desde que ele se juntou ao grupo, em 1974, assim como muitas das músicas que eles executarão foram gravadas pela primeira vez. Algumas outras, como “Mongoloid” e “Jocko Homo”, foram regravadas em 1978, com produção de Brian Eno, e incluídas no disco de estreia da banda. O restante delas caiu no esquecimento.

Foi criado um fundo no site de crowdfunding GoFundMe com o objetivo de arrecadas US$ 100 mil para a família de Casale. Isso porque, quando Casale morreu repentinamente, vítima de uma insuficiência cardíaca, no mês passado, ele não deixou para trás um testamento ou seguro, criando grandes dificuldades financeiras para a esposa e os filhos.

Devo pede doações para ajudar família de Bob Casale.

“Esses gastos não são apenas com o funeral”, dizia a mensagem postada pelo webmaster do Devo, Michael Pilmer. "São também relativas às despesas recentes com médicos e hospital, além de despesas da família em geral, na ausência de Bob. Isso foi um baque para os Casale. Estamos fazendo o possível, como amigos, para amortecer o impacto da morte prematura de Bob.”