Devo lançará música sobre o cachorro de Mitt Romney

“Don't Roof Rack Me, Bro! (Remember Seamus)” foi inspirada pela infame viagem de carro do candidato a presidente dos Estados Unidos

Rolling Stone EUA Publicado em 15/08/2012, às 11h25 - Atualizado às 12h35

Devo
Divulgação

O Devo lançará uma música ainda este mês intitulada "Don't Roof Rack Me, Bro! (Remember Seamus)". A inspiração dele vem da notória viagem de carro de Mitt Romney entre Massachusetts, nos Estados Unidos, e Ontário, no Canadá, durante a qual ele transportou o cachorro da família, Seamus, em um canil amarrado ao teto do veículo.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

De acordo com a Orchard, a distribuidora responsável pela faixa, o single digital será lançado em 25 de agosto.

A canção também serve de ponto de partida para que o fundador e diretor comercial do Devo, Gerald V. Casale, comece sua campanha “Remember Seamus”, que tem a suposta intenção de ajudar a “fazer de 2012 o ano em que animais como Seamus sejam valorizados e que a honestidade seja louvada."

O Devo também está ajudando a apoiar o “Dogs Against Romney”, sendo que Casale fez o design de uma camiseta especial para o grupo. Casale também está envolvido em um game para smartphone chamado The Crate Escape: Seamus Unleashed", que será lançado em 26 de agosto, também conhecido como Dia Nacional do Cachorro nos Estados Unidos.

Entenda o caso

Em 2007, Romney viu a fúria de defensores de animais do mundo todo ao se tornar pública a história de como ele viajou com a família e fez o animal de estimação passar por apuros durante todo esse tempo, já que ele fez toda a jornada amarrado do lado de fora do carro. O incidente aconteceu em 1983. O cachorro, na situação de estresse, teve uma crise intestinal que sujou todo o carro e alarmou os cinco filhos do candidato. A forma como ele calmamente lavou toda a sujeira e devolveu o cachorro ao teto do carro virou objeto de estudo, nos Estados Unidos, a respeito da forma como o político lida com crises.