Dez músicas do Kiss que só os verdadeiros fãs conhecem

Redação Publicado em 14/05/2014, às 13h05 - Atualizado às 13h07

Kiss - galeria
MARK LENNIHAN/AP

“Love Theme From Kiss”


Com a reputação que começava a formar, ninguém poderia esperar que o Kiss viesse com um “tema de amor” no primeiro álbum (Kiss, 1974). É uma faixa instrumental que dura dois minutos e meio, com uma levada ligeiramente bluesy conduzida pela guitarra de Ace Frehley.


“Mr. Speed”

Uma cadência bem a la Rolling Stones marca esta faixa escrita por Paul Stanley e incluída no álbum Rock and Roll Over (1976). Foi também o lado B do single com "Hard Luck Woman". A banda raramente toca a faixa ao vivo, embora ela tenha sido executada a pedidos no Japão.


“A World Without Heroes"


O único single do controvertido disco conceitual Music from "The Elder" (1981) é uma parceria de Gene Simmons e Paul Stanley com o produtor Bob Ezrin e Lou Reed. A canção é lenta e circunspecta, com vocal feito por Simmons.


"I'm A Legend Tonight"


Mesmo com o Kiss em baixa nos Estados Unidos no começo da década de 1980, a popularidade da banda ainda era grande no resto do mundo. A compilação Killers (1981) foi feita para o mercados europeu e japonês. O álbum contém algumas canções feitas especialmente para o lançamento, como esta composição de Paul Stanley.


“Sweet Pain”

O álbum Destroyer (1976) foi um sucesso tão grande que todas as canções são muito conhecidas. Mas às vezes nem todo mundo se lembra desta, que foi o lado B do single “Shout it Out Loud”. É também uma canção de Simmons, com letra que fala de desventuras sexuais.


“Save Your Love”

Escrita pelo guitarrista Ace Frehley, a canção foi lançada em Dynasty (1979). Uma das melhores músicas feitas por Frehley, ficou perdida no álbum que trouxe o hit disco “"I Was Made for Lovin' You".


“War Machine”

Apoiado em um sinistro riff de guitarra, Gene Simmons assume o papel de demônio e diz que vai acabar com todos o concorrentes ao trono. "Armageddon é só uma questão de tempo”, fala. A faixa saiu originalmente em Creatures of the Night (1982). Bryan Adams, ainda no começo de carreira, ajudou na composição da letra.


"Heaven's On Fire"

Apesar de Animalize (1984) não ser considerado um dos melhores momentos do Kiss, o álbum tem algumas faixa excelentes como "Heaven's On Fire". Com um refrão marcante, é um das perdidas na era hair metal da banda.


"Let's Put The X In Sex"

Esta divertida faixa, que apareceu originalmente na compilação Smashes, Thrashes & Hits (1988) chegou a ser razoavelmente popular na época, com o vídeo sendo exibido com regularidade pela MTV. Mas com o tempo, a banda a deixou de lado.


"Hooligan"

Um rock direto cantado pelo baterista Peter Criss, “Hooligan” saiu em Love Gun (1977) e era um dos destaques das apresentações ao vivo na época. Com a saída de Criss da banda, a faixa foi esquecida.