Dilma Rousseff é a primeira brasileira a participar de dois filmes indicados ao Oscar no mesmo ano?

A ex-presidente do Brasil aparece no documentário Democracia em Vertigem, de Petra Costa, e no filme Dois Papas, de Fernando Meirelles

Redação Publicado em 15/01/2020, às 10h06

None
Dilma Roussef (Foto: Reprodução / Netflix)

Todo mundo queria ver Bacurau na lista de indicados ao Oscar 2020. Mas apesar disso não ter acontecido, nosso país será muito bem representado, com um filme de impacto e mensagem politica igualmente importante: Democracia em Vertigem. E a presença desse documentário sobre o impeachment da Dilma Rousseff marca um fato inédito e curioso do Brasil na premiação.

Com a nomeção para melhor documentário do longa dirigido por Petra Costa, esta será a primeira vez que uma brasileira (no caso a ex-presidente) aparece em dois filmes diferentes, indicados em duas categorias distintas.

+++Leia mais: Dilma celebra indicação de Democracia em Vertigem ao Oscar 2020: 'A história segue implacável contra os golpistas

Além de Democracia em Vertigem, Dilma está também em Dois Papas, filme de Fernando Meirelles que disputa a estatueta de melhor roteiro adaptado, melhor ator com a interpretação de Jonathan Pryce do Papa Franciso, e melhor ator coadjuvante, para Anthony Hopkins, que vive o Papa Bento XVI no filme.

Os dois filmes estão disponíveis na Netflix.

+++Leia mais: Democracia em Vertigem: Bolsonaro diz que documentário indicado ao Oscar é "porcaria" e "ficção"

A 92ª edição Do Oscar acontecerá no dia 9 de fevereiro, no Teatro Dolby, em Los Angeles e, assim como em 2019, a cerimônia não contará com um apresentador.

Veja aqui a lista completa de indicados.