Diretor de documentário de M.I.A. vaza teaser do projeto e o abandona em seguida

Matangi, o quarto disco de estúdio da rapper, está previsto para sair ainda este ano

Rolling Stone EUA Publicado em 09/07/2013, às 14h45 - Atualizado às 15h00

M.I.A.
AP

O ano cheio de drama de M.I.A. conseguiu ficar ainda mais complicado. Um vídeo teaser do documentário que deveria acompanhar o próximo disco da cantora, Matangi, foi retirado da internet pelo selo à qual dela pertence, o Roc Nation, o que fez com que o diretor abandonasse o projeto.

O diretor Steve Loveridge vazou na última segunda, 8, um teaser trailer (veja abaixo) feito ano passado. Ele parecia estar frustrado com a interrupção no desenvolvimento do documentário. “Recebo um e-mail de tempos em tempos da Roc Nation ou da Interscope dizendo que tudo será reiniciado, mas aí nada acontece”, ele escreveu. Assim que o selo soube desse post, alegaram posse de direitos sobre o conteúdo. Logo depois, o vídeo saiu do YouTube.

A Roc Nation escreveu um e-mail a Loveridge afirmando que o vazamento “atrapalha tudo em que estávamos trabalhando para divulgar Matangi". Loveridge respondeu agressivamente, dizendo que não ligava e dizendo que estava fora. “Prefiro morrer do que trabalhar nisso... nada pessoal :)", completou.

Esta é apenas a mais recente da série de polêmicas envolvendo M.I.A nos últimos tempos. Matangi, o quarto disco de estúdio dela, sofreu vários atrasos por parte de seu antigo selo, a Interscope, que – de acordo com a própria rapper – insistiu que o disco era “positivo demais”. “Eles disseram que tinha que deixá-lo mais sombrio”, disse ela em entrevista ao site australiano Gold Coast. “É tipo ‘a gente se construiu como a inimiga pública número 1 e agora você aparece com todas essas coisas positivas’.”

O clipe, que traz imagens de Kanye West, Spike Jonze e do produtor Diplo – ainda está no Vimeo.

Assista ao teaser vazado abaixo.