Pulse

Diretor de fotografia de Coringa revela pedido negado pela Warner

A decisão da empresa também foi contra a vontade de Todd Phillips, diretor do filme

Redação Publicado em 13/11/2019, às 12h15

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução / Warner)

Lawrence Sher, diretor de fotografia de Coringa, revelou que o filme foi originalmente gravado em 70 mm, mas por insistência do estúdio, Warner Bros., a producão acabou sendo rodada digitalmente. 

A decisão da empresa foi contra a vontade de Todd Phillips, diretor do filme. 

Segundo a Variety, Sher estava falando no Camerimage, festival de filmes da Polônia, quando revelou que o plano inicial era filmar em 70 mm, mas os planos foram "anulados" pela Warner Bros.

Recentemente, foi anunciado que uma cena foi cortada do filme por ser considerada "louca demais". 

A produção já se tornou o filme de HQ mais lucrativo da história, a meta atual do longa é bater US$ 1 bilhão de faturamento.