Diretor de Novos Mutantes critica cena vergonhosa de beijo gay em Star Wars: A Ascensão Skywalker

Josh Boone falou sobre o romance entre Lupina e Miragem em Novos Mutantes

Redação Publicado em 28/08/2020, às 19h49

None
Star Wars: A Ascensão Skywalker (foto: Reprodução/ Disney)

Josh Boone, diretor de Novos Mutantes, filme que estreou nos cinemas dos Estados Unidos nesta sexta, 28, criticou o beijo gay de Star Wars: A Ascensão Skywalker(2019) e o chamou de “vergonhoso”.

+++LEIA MAIS: Maisie Williams comemora romance gay em Novos Mutantes: ‘Importante’

Em uma entrevista ao TooFab, via NME, o cineasta falou sobre a história de amor entre Rahne Sinclair, (Lupina), e Danielle Moonstar (Miragem) em Novos Mutantes, e afirmou que "é um dos primeiros filmes de super-heróis que realmente tem um [romance LGBTQIA+] que faz parte da trama e tudo depende disso."

Como contra-exemplo, o diretor citou A Ascensão Skywalker, especificamente o momento ao final do filme em que uma personagem mulher secundária beija a amada dela: “Era somente alguém no plano de fundo e [os cineastas] estavam tipo: 'Vamos publicar artigos como se isso fosse algo que você deveria prestar atenção'.”, disse o diretor.

+++LEIA MAIS: Novos Mutantes: Magia entra na dimensão do Limbo em novo trailer; assista

Ainda, explicou sobre o relacionamento de Novos Mutantes: "Não colocamos isso para ser um confronto ou mesmo de forma calculada, apenas aconteceu naturalmente. Nós o escrevemos porque as personagens dos quadrinhos têm uma conexão telepática íntima e parecia a coisa certa a se fazer, e era mais uma coisa gentil e um amadurecimento do que uma coisa sexual."

Ele acrescentou: “Espero que isso alcance pessoas as mulheres jovens que são lésbicas e não veem representação em um grande filme.”. A estreia dos Novos Mutantes de JoshBoone foi adiada quatro vezes, a última por conta da pandemia global de coronavírus. De acordo com as novas informações, o filme finalmente estreou nos cinemas dos Estados Unidos nesta sexta, 28 de agosto. 


+++ XAMÃ: MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO, DE NIRVANA A TUPAC