Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Tragédia

Diretor de Rust relembra momento em que foi baleado por Alec Baldwin no set

Durante filmagens de Rust em outubro de 2021, a diretora de fotografia Halyna Hutchins morreu aos 42 anos após ser baleada

Redação Publicado em 04/03/2024, às 09h24

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Alec Baldwin (Foto: Getty Images)
Alec Baldwin (Foto: Getty Images)

Joel Souza, diretor de Rust, relembrou tragédia das filmagens do filme estrelado por Alec Baldwin, que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins com um tiro em outubro de 2021. O cineasta também foi atingido pelo ator, mas sobreviveu aos ferimentos. As informações são do NME.

Para ter mais realismo visual, os filmes de Hollywood usam armas reais nas filmagens, mas trocam as munições reais por bala de festim. No entanto, por descuido da produção, o armamento usado em Rust não foi trocado, e Baldwin teria assassinado Hutchins.

+++LEIA MAIS: SAG-AFTRA defende Alec Baldwin: 'O trabalho de um ator não é ser um especialista em armas de fogo'

Por conta do incidente, a supervisora ​​de armas Hannah Gutierrez-Reed é julgada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, do qual ela se declara inocente. Já Alec Baldwin será julgado pelas mesmas acusações em julho de 2024 e também alegou inocência, e afirmou como nunca puxou o gatilho.

No julgamento realizado na última sexta, 1º de março, Joel Souza testemunhou e disse que se moveu para trás de Hutchins para ver mais de perto o ângulo da câmera, mas nunca viu a arma que atirou nele. O cineasta não apresentou nenhuma acusação judicial e foi ao tribunal como testemunha.

Eu me levantei atrás dela só para tentar ver no monitor e houve um estrondo incrivelmente alto. Isso foi ensurdecedor.

+++LEIA MAIS: Rust: Acusação tenta associar morte de diretora a uso de maconha por armeira

Em seguida, Souza relembrou como viu Gutierrez-Reed após ser baleado, e ela supostamente disse "sinto muito. Sinto muito, Joel. E eu me lembro de alguém gritando com ela e eles a levaram para fora."