Diretor do documentário de Ayrton Senna fará filme sobre Amy Winehouse

Nova produção de Asif Kapadia trará cenas inéditas da cantora morta em 2011, aos 27 anos

Rollign Stone EUA Publicado em 25/04/2013, às 10h22 - Atualizado às 10h43

Amy Winehouse
AP

O novo documentário sobre Amy Winehouse trará cenas nunca vistas da cantora, morta em 2011 por intoxicação por álcool. O filme, ainda sem nome, será dirigido Asif Kapadia, ganhador do British Academy of Film pelo seu trabalho em Senna, que retratou a vida do piloto brasileiro Ayrton Senna, noticiou a agência Reuters.

Como o vício em álcool tirou a vida de Amy Winehouse – e as grandes músicas inéditas que ela deixou para trás.

Como Ayrton, que morreu em um acidente no GP de San Marino, em 1994, aos 34 anos, o sucesso foi um atalho para a tragédia da cantora. O disco de 2006, Back to Black, fez dela uma estrela, mas Amy murchou com a aclamação que veio com o álbum. Ela tinha apenas 27 anos quando morreu após abusos de drogas e álcool.

“Amy era dona de um talento só aparece uma vez a cada geração e capturou a atenção de todos. Ela escrevia e cantava com o coração e todos fomos capturados pelo seu encantamento”, disseram Kapadia e o produtor James Gay-Rees em um comunicado. “Mas, tragicamente, Amy parece ter ruído sob essa implacável atenção midiática, seus relacionamentos conturbados, o sucesso global e sob esse estilo de vida precário. Como sociedade, nós celebramos o imenso sucesso dela, mas também fomos rápidos em julgá-la pelos tombos quando isso nos foi conveniente.”

A distribuidora Focus Features planeja vender o filme aos interessados durante o festival de cinema de Cannes, no próximo mês. Enquanto isso, Beyoncé and Andre 3000 fizeram uma versão de “Back to Black”, de Amy, para a trilha-sonora de O Grande Gatsby. Baz Luhrmann dirige a nova versão cinematográfica do livro de F. Scott Fitzgerald, publicado em 1925, e Jay-Z produz a trilha.