Diretor do novo A Morte do Demônio já trabalha na continuação do filme

O uruguaio Fede Alvarez está preparando o roteiro do segundo longa-metragem que, segundo ele, não é um remake de Uma Noite Alucinante

Paulo Terron Publicado em 12/03/2013, às 16h14 - Atualizado às 16h23

Evil Dead
Divulgação

O remake do clássico do terror A Morte do Demônio só chegará aos cinemas brasileiros em 19 de abril, mas a cabeça do diretor Fede Alvarez já está em outro lugar. “Já estamos no processo de conversar sobre escrever a continuação”, ele explica por telefone à Rolling Stone Brasil. “Não vai ser um remake de Uma Noite Alucinante – vai ser um Evil Dead novo, completamente diferente.” No Brasil o Evil Dead original, de Sam Raimi, ganhou o nome A Morte do Demônio, mas a sequência dele virou Uma Noite Alucinante.

“Isso é empolgante: no próximo filme vamos ter a liberdade de irmos aonde quisermos, porque em A Morte do Demônio queríamos fazer referência ao original”, ele explica. “Cada Evil Dead é completamente diferente do anterior, isso é muito importante. Queremos manter essa fórmula viva. Muitas séries de terror simplesmente repetem uma fórmula inúmeras vezes, não queremos fazer isso. Cada um dos nossos precisa ter originalidade. Então, acredite: o próximo vai ser bem diferente. Vai ser completamente insano. E é isso que deveria acontecer sempre, as pessoas deveriam sempre ser surpreendidas.”

Recentemente, Sam Raimi voltou a falar sobre a possibilidade de continuar a série original com um Evil Dead 4 – o que Alvarez não considera um problema. “Você teria de perguntar ao Sam, ele é o arquiteto por trás de tudo. Mas o que eu sei é isto: a única verdade é que o Sam gostaria de fazer outro Evil Dead com o [ator da série original] Bruce Campbell. Essa é a realidade. Como isso tudo se encaixaria nos reboots? Vamos ter de esperar e ver. Tenho 100% de certeza que ele vai achar um modo de fazê-lo.”

Assista abaixo ao trailer para maiores de A Morte do Demônio: