Diretor do Quarteto Fantástico de 2015 se arrepende de tuíte que resultou no fracasso do filme

Um único comentário de Josh Trank custou à Fox cerca de R$ 50,8 milhões

Redação Publicado em 07/05/2020, às 13h12

None
Quarteto Fantástico (Foto: Reprodução via IMDB)

Josh Trank, diretor do polêmico Quarteto Fantástico de 2015, admitiu que lamenta um tuíte que custou à Fox cerca de US$ 10 milhões (o equivalente a R$ 50,8 milhões). Além de faturar apenas US$ 56 milhões no mercado interno - em contraponto ao custo estimado de US$ 120 milhões -, o filme foi amplamente criticado pelo público e pela mídia.

+++ LEIA MAIS: Warner Bros. quer J.J. Abrams na direção do reboot de Liga da Justiça

Desde o princípio, Trank e o roteirista Jeremy Slater discordaram sobre o tom que eles dariam ao projeto. Slater queria que Os Vingadores fossem utilizados como parâmetro, mas Trank odiava a ideia. 

Quando a Fox, enfim, decidiu que o filme precisava de mais leveza, o editor Stephen Rivkin foi contratado, enquanto Trank foi deixado de lado e os produtores Simon Kinberg e Hutch Parker passaram a supervisionar tudo.

+++LEIA MAIS: Hulk Vs Wolverine - 4 coisas que não podem faltar em um possível filme: Fúria, piadas e um vencedor [LISTA]

"Foi como ser castrado”, desabafou o cineasta na época. “Você está lá, basicamente assistindo os produtores definindo as cenas cinco minutos antes de você chegar, com os editores definindo a sequência que eles queriam. E, então, porque sabem que você está sendo legal, eles são simpáticos dizendo 'isso parece bom?' Você pode dizer sim ou não."

Agora, durante uma entrevista recente à Polygon, Trank disse que se arrepende do comentário negativo que ele havia feito nas redes sociais, no qual ele afirmava: “Há um ano, eu tinha uma versão fantástica disso. E teria recebido boas críticas. Vocês provavelmente nunca verão. Mas essa é a realidade.”

+++LEIA MAIS: Para Chris Hemsworth, Marvel ajudará a ‘salvar’ os cinemas depois da quarentena

Em retrospecto, ele admitiu que estava falando mal de seus colaboradores e que, por isso, brigou com muitos colegas da indústria. Seja como for, Trank ficou feliz ao deixar o Quarteto Fantástico no passado.

 


+++ MINHA PLAYLIST.... FRANCISCO, EL HOMBRE | ROLLING STONE BRASIL