Diretora não vai trabalhar na continuação de Crepúsculo

Catherine Hardwicke divulgou nota afirmando que o tempo proposto pela produtora é menor do que ela precisaria para trabalhar no filme

Da redação Publicado em 09/12/2008, às 13h24

Diferente do anunciado há cerca de duas semanas, Lua Nova, continuação do filme Crepúsculo, não terá a mesma diretora, informou a agência de notícias Associated Press. Catherine Hardwicke, que já trabalhou em filmes como Aos Treze e Os Reis de Dogtown, afirmou que o tempo oferecido pela produtora é menor do que ela precisaria para planejar a seqüência. O filme deve estrear entre o final de 2009 e o início de 2010.

O romance adolescente, adaptação da série de livros de Stephenie Meyer, bateu recordes nos Estados Unidos, se tornando o mais lucrativo filme de uma diretora em um fim de semana de estréia - só nos primeiros dias, o longa arrecadou cerca de US$ 70 milhões (quase R$ 173 milhões). O filme estréia no Brasil no dia 19 de dezembro.

"Eu peço desculpas que pela falta de tempo eu não terei a oportunidade de dirigir Lua Nova. Dirigir Crepúsculo foi uma das melhores experiências da minha vida, e agradeço aos fãs pelo apaixonado apoio ao filme", afirmou a diretora em uma nota divulgada à imprensa. A produtora do filme ainda não anunciou quem irá substituir Hardwicke.

A dupla de protagonistas vivida por Robert Pattinson e Kristen Stewart (que está escalada para o papel de Joan Jett nas telonas - saiba mais) será mantida.