Dirigido por Coppola, curta em 3D de Michael Jackson deve voltar à Disney

Captain EO foi produzido por George Lucas e conta com Anjelica Huston no elenco

Da redação Publicado em 02/09/2009, às 15h43

Sua carreira nas telonas pode nunca ter deslanchado de fato, mas Michael Jackson deixou pretensões cinematográficas respingarem em vários projetos (os clipes de "Thriller" e "Bad" que não nos deixam mentir). Um deles foi Captain EO, filme em 3D dirigido por Francis Ford Coppola, o responsável pela franquia O Poderoso Chefão, e produzido por George Lucas, da saga Star Wars.

Exibida em parques temáticos da Disney nos anos 80 e 90, a produção de 1986 deverá voltar, em janeiro, ao circuito, na filial californiana da casa de Mickey Mouse. Segundo o Miceage, site especializado na companhia criada em 1923 por Walt Disney, a atração pode, também, ganhar exibição na sucursal da Flórida. A homenagem pega carona na visibilidade trazida com a morte do cantor, em 25 de junho, aos 50 anos.

Após as acusações de 1993 contra Jackson, denunciando abuso a menores de idade, o filme saiu de cartaz em Epcot, a filial da Disney na Flórida.

Misto de ficção científica e musical, o filme tem 17 minutos e Anjelica Houston (conhecida como Mortícia da Família Adams e figurinha frequente nos filmes de Wes Anderson) no papel de "líder supremo".

No curta, Jackson interpreta um capitão à frente de uma frota estelar cuja missão é entregar uma encomenda à sombria personagem de Huston. Com orçamento em torno de US$ 30 milhões, Captain EO usou em sua trilha "We Are Here to Change the World" e "Another Part of Me".

O artista poderá ser visto nas telonas - no circuito mundial, dessa vez - no filme com os ensaios para a temporada This Is It, série de 50 apresentações em Londres que nunca aconteceu, já que o cantor morreu três semanas antes do primeiro show. A produção tem estreia em 28 de outubro e ficará em cartaz por duas semanas.

Captain EO pode ser conferido na íntegra, no YouTube. Confira, abaixo, a primeira de duas partes: