Pulse

Disco de Rihanna supera Beyoncé e quebra recorde na Billboard 200

ANTI é um dos álbuns mais bem-sucedidos da carreira da cantora

Redação Publicado em 28/08/2019, às 16h25

None
Rihanna (Foto: Evan Agostini/Invision/AP)

Rihanna quebrou um novo recorde na Billboard 200. ANTI, lançado em 2016, é o disco da cantora que ficou mais tempo na parada nesta década. Com essa conquista, a artista superou os números do álbum homônimo de Beyoncé, lançado em 2013.

ANTI ficou na 145ª posição e completou 186 semanas dentro do principal ranking de discos da Billboard, na atualização desta semana. Segundo os dados, é o quinto álbum de uma cantora que conseguiu permanecer mais tempo dentro da categoria de discos em toda a história da parada. Sendo assim, o disco de Rihanna só está atrás de 21 de Adele, Born To Die de Lana Del Rey, 1989 de Taylor Swift, e Teenage Dream de Katy Perry

+++ LEIA MAIS: Drake, Ed Sheeran e Rihanna estão entre os artistas mais populares do Spotify

Nos Estados Unidos, ANTI ultrapassou a marca de 3,2 milhões de unidades equivalentes vendidas. No mundo, são mais de 5 milhões de cópias vendidas. 

Em maio deste ano, Rihanna prometeu que o seu novo disco deve ser lançado ainda em 2019 e será sobre suas origens caribenhas. Por enquanto chamado de R9, será um álbum de reggae.

+++LEIA MAIS: Rihanna, Adele ou Beyoncé? Cantora misteriosa está prestes a anunciar retorno

Pouco depois de anunciar as novidades do disco, a cantora explicou a demora para produzi-lo: "Nos últimos anos eu comecei a perceber que você precisa reservar tempo para si mesmo, porque a nossa saúde mental depende disso. Se você não estiver feliz, não ficará feliz mesmo se fizer coisas que ama. Eu cheguei a sentir que o meu trabalho estava se tornando um fardo, e eu nunca quis que ele se tornasse isso". 

Além da carreira musical, Rihanna tem uma marca de maquiagens, a Fenty Beauty, de lingeries, a Savage X Fenty e de roupa, a Fenty. A artista foi listada pela revista Forbes como a mulher mais rica do mundo da música com uma fortuna de U$600 milhões.

+++ A playlist da Drik Barbosa - De Emicida a Erykah Badu