Disney supera audiência da Netflix durante o surto de coronavírus; entenda

O Disney+ tem ganhado cada vez mais público durante o período de isolamento devido ao COVID-19

Redação Publicado em 17/03/2020, às 09h15

None
Logos da Disney+ e Netflix (foto: reprod.)

A pandemia do coronavírus pode ter congelado vários setores da indústria do entretenimento, mas esquentou ainda mais a competição entre a Netflix e a Disney+. Com cada vez mais pessoas em isolamento domiciliar, a plataforma de streaming da Disney saiu na frente para se adaptar a demanda e superar a concorrente.

A vantagem do Disney+ deve-se ao foco muito maior em incluir no catálogo produções já finalizadas. O carro-chefe de audiência recente do streaming é Frozen 2 (2019), que chegou no dia 15 de março, três meses antes do previsto inicialmente. 

+++LEIA MAIS: Todos os filmes que a Disney adiou pelo coronavírus: Mulan, Novos Mutantes e mais

Star Wars: A Ascensão Skywalker(2019) também chegou no dia 14 de março, três dias antes do prazo. Enquanto isso, no mesmo período a Netflix lançou apenas títulos menores, como o drama policial Lost Girls - os crimes de Long Island e o desenho Midnight Gospel no dia 16.  A plataforma não fez qualquer mudança no cronograma devido ao  Covid-19.

O apelo da Netflix se deve as séries originais, que precisam ser produzidas do zero e são atrasadas pelo surto de coronavírus. Enquanto isso, a Casa do Mickey contorna o problema disponibilizando conteúdo já pronto majoritariamente, sem precisar de sets de filmagem ou equipes trabalhando ao ar livre.


+++ GUNS N' ROSES: 11 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BANDA