Divergências sobre direitos autorais fazem com que BBC deixe de tocar músicas do Neil Young e do The Doors

Artistas como Journey e Bonnie Raitt também não serão mais reproduzidos pela emissora

Redação Publicado em 10/07/2015, às 15h29 - Atualizado às 15h49

Neil Young durante apresentação ao vivo
John Davisson/AP

A rede britânica BBC anunciou que não irá mais reproduzir ou utilizar músicas de Neil Young, The Doors, Journey ou Bonnie Raitt. A decisão é um reflexo do distanciamento desses artistas do Mechanical Copyright Protection Society (MCPS), não aceitando as determinações do órgão para o licenciamento das canções.

Saiba quem são as cinco pessoas mais poderosas no mundo do streaming musical.

A rede afirmou que irá aguardar um acordo entre os artistas para que o material volte a ser reproduzido nos canais da BBC. Enquanto a situação não se resolve, até mesmo covers e samples dos músicos estão proibidos na emissora.

Rolling Stone elegeu os 100 maiores guitarristas de todos os tempos: veja a lista.

A Wixen Music, responsável pelos direitos representativos desses artistas, afirmou que “a BBC pode reproduzir o material de Neil Young e The Doors, no entanto, terá de negociar esses direitos conosco”.

Galeria: as mais polêmicas, absurdas e ultrajantes autobiografias do rock; entre elas, a de Neil Young.

Quando questionada sobre a possibilidade de negociar direitos de reprodução com algum artista ou empresa, a emissora respondeu: “A BBC acredita que um único licenciamento coletivo continua a ser a forma mais eficiente e altamente rentável para divulgar sua música”.