DMX é condenado a seis meses de prisão por não pagar pensão ao filho

Rapper havia sido levado sob custódia em 26 de junho após inúmeros problemas com a justiça

Redação Publicado em 15/07/2015, às 11h00 - Atualizado às 11h50

DMX
Louis Lanzano / AP

Responsável por uma série de irregularidades com a justiça nos últimos anos, DMX foi condenado nesta terça-feira, 14, a seis meses de prisão por dever US$ 400 mil (mais de R$ 1,2 milhão) em pensão ao próprio filho.

As 15 prisões mais estúpidas do mundo da música.

Organizador do festival Shaggfest, o diretor musical Shaggy confirmou a notícia por redes sociais e informou que DMX pediu autorização para se apresentar em três shows marcados para os próximos dias, um deles no Shaggfest, mas não obteve sucesso.

O rapper foi levado sob custódia pela polícia em 26 de junho deste ano, momentos antes de apresentar um espetáculo no Radio City Music Hall, em Nova York. Um porta-voz do escritório da polícia local afirmou ao canal de TV PIX 11 que DMX, na realidade, foi levado em custódia por “inúmeras questões não resolvidas”. Além de US$ 400 mil de dívida com uma pensão alimentícia, um mandado de busca cita o artista por por dirigir veículo sem habilitação.

As dez maiores brigas da história do rap

Recentemente, foi registrada contra ele uma queixa por roubo em um posto de gasolina. O rapper também foi acusado de roubar um garoto de 21 anos, que alega que um membro da equipe do cantor lhe apontou uma arma e que o próprio DMX levou dele US$ 3.200 (cerca de R$ 10 mil).

Na década passada, DMX se envolveu em casos de crueldade animal, brigas de cachorro, posse de drogas, posse de armas, direção irresponsável, direção sob influência de substâncias perigosas e diversas infrações da liberdade condicional.