Documentário sobre as bandas My Bloody Valentine, Cocteau Twins e Jesus and Mary Chain tem trailer e data de estreia divulgados

Distribuído com dinheiro de financiamento coletivo, Beautiful Noise conta a história do shoegaze

Redação Publicado em 12/05/2014, às 17h16 - Atualizado às 18h26

Jim Reid - Jesus and Mary Chain
Branimir Kvartuc/AP

O documentário Beautiful Noise, centrado nas histórias das bandas My Bloody Valentine, Cocteau Twins e The Jesus and Mary Chain (foto), bandas fundamentais do shoegaze, será lançado no dia 31 de maio, no Seattle International Film Festival. O longa traz entrevistas com Wayne Coyne, Trent Reznor, Billy Corgan, Robert Smith e outros artistas que foram influenciados pelo estilo.

Ouça: My Bloody Valentine lança primeiro disco em 22 anos.

O projeto foi a financiamento coletivo em 2012, no Kickstarter, com uma meta de arrecadar US$ 75 mil para licenciamento e distribuição. Mais de 1500 pessoas colaboraram e o documentário angariou quase US$ 10 mil a mais do que o objetivo inicial. O filme se baseia na famosa frase “Eles não venderam muitos discos, mas todas as pessoas que os ouviram montaram uma banda” – comumente utilizada para tratar da influência do Velvet Underground na música – para reforçar a importância do shoegaze na história.

Uma das bandas retratadas no filme, o The Jesus and Mary Chain, toca no Brasil pela terceira vez em maio. No dia 25, o grupo de Jim e William Reid se apresenta no Memorial da América Latina, em São Paulo, no Festival Cultura Inglesa. Dois dias depois, eles seguem para o Rio de Janeiro, como parte do festival Vivo Open Air (veja mais informações aqui).

Além dos três maiores grupos do estilo, Beautiful Noise dá espaço a bandas menores, como Ride, Slowdive, Chapterhouse, Lush, Curve e Swervedriver. A direção fica por conta de Eric Green, enquanto a produção é de Sarah Ogletree. Assista abaixo ao trailer do documentário: