Documentário sobre a turnê The Wall, de Roger Waters, estreará em festival de cinema canadense

Filme foi dirigido pelo antigo integrante do Pink Floyd e também pelo diretor criativo da excursão, Sean Evans

Rolling Stone EUA Publicado em 19/08/2014, às 11h15 - Atualizado às 18h44

Roger Waters - The Wall
Britta Pedersen/AP

O Festival Internacional de Cinema de Toronto (também conhecido como TIFF), em setembro deste ano, irá exibir o longa Roger Waters: The Wall, um documentário sobre a turnê realizada pelo antigo integrante do Pink Floyd ao longo de três anos, entre 2010 e 2013, na qual ele executava o disco The Wall (1980), na íntegra. Waters e o diretor criativo da turnê, Sean Evans, assinam o documentário, cuja sinopse o define como uma “experiência visceral”.

Roger Waters: 10 clássicos da carreira solo e do Pink Floyd.

“Desde que The Wall foi lançado, ele tornou-se um dos discos de rock mais clássicos de todos os tempos”, disse Piers Handling, diretor do TIFF, em nota oficial. “A popularidade e a mensagem [do álbum] continua até hoje. Profundamente afetado pela morte do pai e do avô em duas guerras mundiais, Roger Waters elaborou a ideia de derrubar os muros que nos levam aos desentendimentos e aos conflitos. O filme permite que o músico explore o que The Wall ainda significa para ele, enquanto ele o mostra para milhares de fãs e revisita lugares marcantes para ele durante o ano do 100º aniversário da Primeira Guerra Mundial.”

David Gilmour e Roger Waters revelam por que a frágil colaboração por trás de The Dark Side of the Moon, a obra-prima do Pink Floyd, estava fadada a se desmanchar.

Waters levou toda a produção gigantesca da turnê The Wall para estádios ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Foram 219 performances e uma arrecadação muitíssimo bem sucedida de US$ 458 milhões.

Impecável, The Wall supera o conceito de show e Roger Waters apresenta espetáculo teatral e grandioso. Relembre a apresentação em São Paulo.

“Eu não consigo superar essa turnê”, disse Waters à Rolling Stone EUA em novembro do ano passado. “Primeiro de tudo, eu preciso aceitar o fato de que não vou viver para sempre. E você precisa aceitar isso quando se faz algo tão grande como esta turnê.”

O guia definitivo da Rolling Stone Brasil para a história, a obra e as loucuras da banda mais ambiciosa do rock and roll, o Pink Floyd.

Atualmente, Waters está trabalhando no primeiro disco de rock solo desde Amused to Death, lançado em 1992. A última informação divulgada sobre o álbum é que ele teria 55 minutos de duração e elementos teatrais. “´[O disco] tem personagens que falam uns com os outros”, disse ele. “Trata de um homem velho e um homem jovem tentando entender por qual motivo as pessoas estão matando crianças”.